Radio Web InformaSom

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Independente tentará vencer na cidade Imperial

Na projeção do Independente, os seis pontos disputados em Macaé, se conquistados bastaria somar mais quatro nos nove que seriam disputados nos três jogos fora de casa, para somar os dez pontos necessários e garantir a permanência na Segundona em 2009. Mas os jogos no Expedicionário frustraram as previsões em consequência dos dois empates, contra Serrano e Céres. Porém a surpreendente vitória contra o Villa Rio por 2x1 na Ilha do Governador deixou o Independente na liderança, refazendo as contas matemáticas.
Agora o objetivo é tentar vencer o lanterna Serrano, nesta quarta-feira, às 15h, em Petrópolis. "Precisamos de mais cinco pontos para garantir a nossa permanência na Segundona. Se derrotarmos o Serrano, ficaremos a dois pontos da nossa meta e vamos eliminar um concorrente. Mas temos que jogar muita bola, o Serrano ainda não está morto". Destacou o técnico Jeová Ferreira, na conferência didática, antes do treino de dois toques realizado à tarde, nesta terça-feira (30), no Expedicionário.
O time ainda não foi definido. Além de não poder escalar o atacante Léo Felix, que cumprirá suspensão automática, o lateral direito Diego abandonou o treino sentindo fortes dores na coxa direita e passou a ser dúvida. Na outra lateral, Arilson ainda sente a contusão que o tirou do jogo na Ilha e pode ser substituído pelo Douglas. Ambos estão em tratamento intensivo, viajam com o reduzido grupo de 15 "guerreiros" e se nada sentirim vão jogar.
No ataque, Pardal é o favorito a formar dupla com Ítalo. Nas demais posições, o time será o mesmo e a provável escalação: Anderson Macaé; Diego, Pablo, Ernandes e Arilson; Rodolfo, Dudu, Luciano e Gil; Pardal e Ítalo. O árbitro deste duelo deciso será Marcelo Silva Nascimento, auxiliado por Vinícius da Vitória Nascimento e Jose Ronaldo Braga nas bandeiras. Gabriel da Silva Miranda será o 4º árbitro.
Rivais campistas também usam a calculadora sonhando com a Elite
A penúltima rodada da segunda fase do Campeonato Estadual da Segundona, para os que ainda sonham em subir para a elite do futebol carioca em 2009, poderá definir o futuro dos dois clubes de Campos. Goytacaz e Rio Branco entram em campo nesta quarta-feira com muitas possibilidades de terem sacramentadas suas classificações à proxima fase. O Goytacaz lidera o Grupo E, com oito pontos, e tem boas condições de garantir sua vaga. Já o Rio Branco, último colocado no Grupo G, com dois pontos, precisa vencer seus dois últimos jogos e torcer por combinação de resultados. Em Mesquita, o Goytacaz irá enfrentar o Sendas, adversário que foi difícil de ser batido no primeiro turno em partida que o alvi-anil venceu por 2 x 1, de virada, no minuto final de jogo, quando o Goytacaz jogou pela primeira vez em seu estádio. Esta será a terceira partida seguida do Goytacaz fora de casa, vindo de dois empates, 0x0 com a Portuguesa, e 1x1 com o Guanabara. Todas as quatro equipes do Grupo E ainda têm chances de classificação, sem que nenhuma tenha assegurada sua vaga. O Sendas vem de empate com a Lusa.
Depois de sofrer a derrota para o Teresópolis em casa, na última rodada, o Rio Branco agora faz as contas para saber como poderá chegar a classificação à próxima fase, sabendo que para que o mesmo aconteça, o róseo-negro primeiro terá que cumprir seu papel, vencendo o Nova Iguaçu, nesta quarta-feira, em Cardoso Moreira, e na última rodada, o CFZ, no Rio.
Com seis pontos a equipe chegaria aos oito e assim torceria para a vitória do CFZ sobre o Teresópolis na outra partida desta quarta-feira, e ainda por um empate na última rodada, no jogo entre Nova Iguaçu e Teresópolis, tendo assim que brigar nos critérios desempates com a equipe da Baixada Fluminense.

Quissamã superou a chuva e o La Coruña no Carneirão

Na rodada de abertura pela segunda fase da Terceirona, o Quissamã derrotou o La Coruña na tarde deste sábado (27), o estádio Carneirão, em Quissamã. Foi uma vitória sofrida, pois logo aos seis minutos, Alex foi lançado nas costas do volante Douglas Silva, entrou na grande e deu um toque na bola encobrindo o goleiro Espíndola, escrevendo no placar 1x0 La Coruña. Ainda no primeiro tempo o Quissamã buscou o empate, empurrado pela Torcida Familia. Ricardo desperdiçou a primeira grande chance, carimbando o travessão, mas depois o atacante Fabricio deixou tudo igual no Carneirão.
Na volta do intervalo, o alvianil continuou atacando e outra vez Ricardo, acertou a trave esquerda do goeiro Rafael. Derrepente escureceu em Quissamã e caiu um "pé d'água", atrapalhando o toque de bola. O técnico Paulo Henrique aproveitou para adiantar ainda mais o Quissamã, tirando o capitão Bruno Reis para a entrada do atacante Wellington Maranhão. Bruno correu para o vestiário protestando: "Me tirar do jogo... quando estou jogando mal não me tira". Mas a troca surtiu efeito, e Maranhão participou da jogada que resultou na gol da virada, marcado pelo guerreiro Ricardo.
Quissamã: Espíndola; Mauricio, Douglas Gomes, Edson e Rodrigo; Cleiton, Douglas Silva (Adriano), Bruno reis (Wellington Maranhão) e Thiaguinho; Fabrício e Ricardo (Diguinho). Técnico: Paulo Henrique La Coruña: Rafael; Vinicius, Edvaldo, Bolão e Luciano; Kequei, Diego, Luiz de França (Miler) e Leandro (Isaac); Toró (Thiago) e Alex. Técnico: Luis Fernando. O árbitro foi Philip Georg Bennet., auxiliado por Marcos Sivolella do Nascimento e Rafael Vieira Habie nas bandeirinhas.
No outro duelo pelo Grupo I, o Canto Rio foi derrotado pelo Futuro Bem Próximo por 2x1, no estádio do Castelo, em Rio Bonito. Pelo Grupo II, a rede não balançou no empate entre Arraial do Cabo e Campo Grande, no estádio do Gremio estrela. Pelo Grupo III, o Bela Vista empatou em 1x1 com o Kaiserburg, em São Gonçalo e no outro confronto deste Grupo, Paraíba do Sul e Castelo Branco, empataram sem a rede balançar. Pelo Grupo IV, o Várzea empatou em 2x2 com o Barra Mansa, no Heleno Nunes.
Pelo Estadual da Segundona, também neste sábado: Em Araruama, Guanabara 1x1 Goytacaz; na Ilha do Governador, Portuguesa 2x2 Sendas; em Silva Jardim, Silva Jardim 0x1 Olaria; no Laranjão, Nova Iguaçu 1x0 CFZ do Rio; em Cardoso Moreira, Rio Branco 0x2 Tersópolis; no Marrentão, Bréscia 1x3 Tigres do Brasil e em Bangu, Ceres 4x0 Serrano, pelo Quadrungular da Repescagem. À noite, às 19h, Angra dos Reis x Aperibeense, em Angra. A rodada será fechada no domingo, com Floresta x Bangu, em Cambuci e Villa Rio x Independente, na Ilha do Governador.
Pelo estadual Infantil, o Macaé Esporte foi derrotado por 1x0 pelo Vasco e no Juvenil o Macaé foi derrotado por 2x1 pelo time da Cruz de Malta. Ambos os jogos foram realizados no VasBarra, acompanhado pelos macaenses Lecinho e Leandro, que jogam no time de São Januário.

Estádio Aristão inaugura refletores em Macabu

Na rodada de abertura pelo segundo turno do Campeonato Macabuense Sub 17, a bola rolou no final de semana, com uma rodada dupla. Na preliminar o Vila São Jose derrotou o São Luis por 2x1 e no jogo de fundo o Calçadinha derrotou o Piteiras pelo placar de 2x0. Neste returno, a competição vai ser disputada pela quatro melhores equipes classificadas no turno. Rhodia, Descoberta e Curato sobraram. O campeão do primeiro turno foi o Vila São Jose.
Pelas semifinais do Campeonato Amador, na categoria Juniores, o São Henri derrotou o Porto por 2x1, mas nã foi suficiente para chegar às finais. A vaga é do Porto, que venceu o primeiro duelo por 2x0, e leva a vantagem no saldo de gols. Na categoria Principal, São Henri e Calçadinha ficaram no empate sem balançar a rede. No primeiro jogo deu empate em 1x1 e o São Henri está na final por ter feito melhor campanha na fase de classificação.
As outras semifinais serão realizadas no domingo após as eleições municipais. Rhodia x Calçadinha nos Juniores, com o time do Rhodia jogando pelo empate ou podendo perder até por um gol de difrença, pois venceu o primeiro jogo por 3x1. No Principal, Rhodia x Porto. No primeiro jogo o Rhodia venceu por 2x1, e basta empatar para disputar o título de campeão.
Nesta sexta-feira (3), serão acesos os refletores do estádio Municipal Aristo Ribeiro e entregues oficialmente aos desportistas macabuenses, dando início uma nova opção ao futebol possibilitando a realização de jogos noturnos em Conceição de Macabu.
Pelo Amador de Quissamã, a bola rolou na sexta-feira (26), com uma rodada dupla no estádio Carneirão, abrindo o certame. Na preliminar de Juniores o Caxias derrotou o Machadinha por 1x0 e no jogo de fundo, Caxias e Machadinha ficaram no empate em 1x1, refletindo o equilibrio. No domingo, o São Miguel perdeu para o Palmeirinha nos Juniores e empatou em 1x1 no Principal, no clássico de maior rivalidade na Terra do Côco.

Caxias disputará o Octogonal da Série C no Marrentão

Estava indo muito bem o Campeonato Brasileiro da Terceirona, mas o clube alagoano do ASA resolveu entrar com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, depois de perder no campo por 3x1 para o sergipano Confiança. A bola iria rolar neste sábado abrindo o Octogonal Final, mas a competição está ameaçado inclusive de ser paralisada. E o Confiança, seria o adversário do Duque de Caxias.
O ASA acusa o Confiança de ter supostamente inscrito o atleta Nílson de forma irregular na vitória por 3 a 1 sobre o próprio ASA no último dia 24. O clube de Arapiraca entrou com uma queixa no STJD, nesta segunda-feira (29) pedindo que o sergipanos percam o dobro de pontos conquistados com a vitória.
De acordo com documento reproduzido pelo website justiçadesportiva, o atleta não teria condições de jogo por estar cumprindo suspensão de 120 dias imposta pelo STJD. Nílson fora julgado no dia 29 de maio e punido no artigo 253 (Praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), cuja pena é a suspensão de 120 a 540 dias.
Como o atleta entrou em campo cinco dias antes do término da pena, o ASA-AL pede que o Confiança seja incluído no artigo 14 (Incluir na equipe ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta que não tenha condição legal de participar de partida) do CBJD. A pena aplicada é a perda do dobro do número de pontos previstos no regulamento da competição para o caso de vitória e multa de R$1mil a R$ 10mil.
Assim, os sergipanos deixariam de ter 11 pontos para ter cinco, e os alagoanos passariam para o octogonal final. O recurso será analisado e, caso o Confiança seja punido, a Série C pode ser paralisada mais uma vez. Até o final do processo, o time sergipano pode ser afastado preventivamente e o campeonato suspenso. Enquanto isso, a rodada inicial do octogonal está mantida, e o Duque de Caxias estréia contra o próprio Confiança, no Rio de Janeiro.
Na manhã desta terça-feira (30), a diretoria do clube caxiense conseguiu a liberação do estádio Romário de Souza Faria (foto), o "Marrentão", para a disputa do octogonal. O Duque de Caxias obteve aprovação na vistoria do Corpo de Bombeiros e poderá mandar seus jogos em Xerém, onde ainda está invicto.

Macaé disputou a Olimped em Volta Redonda

Representando a cidade de Macaé, a Associação Macaense de Apoio ao Deficiente Auditivo disputou a Olimped em Volta Redonda e conquistou 44, medalhas, sendo 26 de ouro, 13 de prata e 5 de bronze. Apoiada pela prefeitura de Macaé, a AMADA levou 23 jovens para a Olimped pelo segundo ano consecutivo.
No salto em distância, a Amada faturou seis medalhas de ouro (Dalby Macedo, Eleandro Lopes, Marcielle Souza, Marlon Ribeiro, Ray Silva e Thiago Ferreira), três de prata (Ariael Souza, Aldemir Veiga e Darlin Aldano) e uma de bronze (Guatava Moreira).
Já no zig-zag foi um ouro (Kettelyn Silva – com bola) e um bronze (Marivan Santos – livre).
No arremesso de peso, os macaenses trouxeram cinco medalhas de ouro (Tadeu Aguiar, Luciano Proença, Lafaiete Fernandes, Marcielle Souza e Marlon Ribeiro) e uma de prata (Aldemir Veiga). Na pelota, a Amada faturou uma medalha de ouro (Milena Nascimento) e a equipe de futsal masculina B (acima de 17 anos) ficou em quarto lugar na Olimped. No cabo de guerra, foram duas medalhas de ouro. Tanto equipe A quanto a B da Amada foram campeãs. Já na natação, os macaenses faturaram três medalhas de ouro (Luciano Proença, Carlos Victor e Wellington Souza), quatro de prata (Milena Nascimento, Thiago Ferreira, Hayanna Neves e Tadeu Aguiar) e duas de bronze (Dalby Macedo e Thiago Rangel).
Por fim, o atletismo totalizou oito medalhas de ouro, cinco de prata e uma de bronze. Nos 50 metros, Darlin Aldano e Marivan Santos foram ouro. A prata ficou com Kettelyn Silva e o bronze com Carlos Victor. Nos 100 metros, Dalby Macedo, Eleandro Lopes, Milena Nascimento, Alcelino da Conceição e Thiago Rangel foram campões em suas categorias. Hayanna Neves, Marcielle Souza e Wellington Souza ficaram com a prata.
Já no revezamento 4x100, a equipe A da Amada ficou com o ouro (Dalby Macedo, Thiago Ferreira, Thiago Rangel e Wellington Souza) e a equipe B faturou a prata (Aldemir Veiga, Alcelino da Conceição, Ernesto Silva e Marlon Ribeiro).
O professor de Educação Física da Amada, Jaunilson Cruz, fez um balanço da competição na Cidade do Aço. "Competimos em várias modalidades esportivas. A Olimped reuniu cerca de 4 mil atletas deficientes dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. No último ano, as crianças conquistaram oito medalhas de ouro e, em 2008, foram 26. O resultado foi excelente", avaliou Jaunilson Cruz, que destacou também a emocionante solenidade de abertura. "A cerimônia de abertura contou com a presença do ex-jogador Zico e do nadador Thiago Pereira, que é de Volta Redonda". A delegação macaense foi composta ainda das professoras Alessandra Crivelari, Roseni Resende e Gláucia Correia.

Favorecer o desenvolvimento integral das pessoas portadoras de deficiência através da prática esportiva adequada à sua necessidade especial, facilitando o relacionamento com o meio social e a família. Este foi o principal objetivo da Olimped (Olimpíada das Pessoas Portadoras de Deficiência), realizada este mês, em Volta Redonda.

A Amada
A Amada é uma instituição filantrópica que visa promover a socialização do deficiente auditivo. Fundada em 17 de outubro de 2001, ela atende a uma média semanal de 70 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos deficientes auditivos. Além disso, o Centro Educacional que também funciona nas instalações da Amada tem 30 crianças matriculadas.
A associação conta com seis professores, em parceria com a Secretaria de Educação, dois fonoaudiólogos, um assistente social, dois psicólogos e outros profissionais que se dedicam integralmente ao atendimento aos deficientes auditivos. Oferece curso de Libras (Língua Brasileira de Sinais); informática; serviço social, com atendimento a grupos familiares; atendimento em sala de recursos, através de psicopedagoga; reforço escolar; reavaliação do desempenho do ensino fundamental; alfabetização de adultos deficientes auditivos; fonoaudiologia; encaminhamento médico ao otorrinolaringologista e educação física (esporte e lazer).

Independente consegue a inédita vitória na Segundona

Finalmente o Independente conseguiu a primeira vitória no Estadual da Segundona. Foi neste domingo (28), no fechamento do turno pelo Grupo X, derrotando o Villa Rio por 2x1 no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. Com o resultado, o clube macaense assume a liderança no Quadrangular da Repescagem, e ganha sobrevida na luta pela permanência na Segundona de 2009. Os heróis desta importante vitória, pelos gols, foram Rodolfo e Léo Felix. Alexandre fez o gol do Villa.
Com a vitória do Ceres por 4x0 no Serrano, o time de Bangu é o líder do Grupo X, no saldo de gols (4x1), mas o Independente tem os mesmos 5 pontos; o Villa Rio caiu para a terceira posição com 4 e o Serrano tem apenas 1 pontinho. Na próxima quarta-feira (1), às 15h, acontece a primeira rodada do returno, e o Independente sobe à Serra para enfrentar o lanterna Serrano, no estádio Atílio Maroti. Já na quinta-feira (2), no mesmo horário, o Villa Rio pega o Céres, de novo, no estádio Luso-Brasileiro.
Nem o mais otimista torcedor do Independente, o presidente Wanderson Agostinho, acreditava na vitória fora de casa, diante de um time embalado pela goleada em Petrópolis. Possivelmente só o técnico Jeová Ferreira e os jogadores apostavam no resultado positivo. "Sofremos um gol aos 43 do segundo tempo e com um jogador a menos, cheguei a imaginar que ainda não seria dessa vez. Mas deu tudo certo e agora nossas chances de manter o Independente na Segundona aumentou", analisou Ferreira.
O Independente venceu com: Anderson Macaé; Diego (Igor), Pablo, Ernandes e Arilson (Douglas); Rodolfo, Dudu, Luciano e Gil; Léo Felix e Ítalo (Pardal). A reapresentação será na tarde desta segunda-feira (29), às 15h, no Expedicionário. A definição para o substituto do atacante Léo Felix, que cumprirá suspensão automática por ter sido expulso, será treino de terça-feira pela manhã. Pardal é o mais cotado.
Bangu avança à proxima fase na segundona
O Banguzão segue mantendo o favoritismo a conquista de uma das vagas à elite do futebol carioca em 2009. Na tarde deste domingo (28), no estádio José de Souza Carvalho, derrotou o Floresta por 2 x 1, de virada, no jogo que fechou a primeira rodada do returno da Segundona de Profissionais. Tubarão fez 1x0 para o Verdão de Cambuci e Fred marcou os dois gols da virada banguense.
Com esse resultado o Bangu manteve na liderança isolada do Grupo F com uma dúzia de pontos ganhos e garantiu a classificação antecipada à terceira fase da competição. Já o Floresta permanece na lanterna com apenas um ponto e sem chances de avançar no estadual. Nesta quarta-feira (1), às 15h, as duas equipes voltam a campo. O Bangu enfrenta o Olaria no estádio Mourão Filho, na Bariri e o Floresta vai até o estádio Orlando Pedro Xavier cumprir tabela contra o Silva Jardim.
Resultados deste sábado (27): Guanabara 1 x 1 Goytacaz; Portuguesa 2 x 2 Sendas; Olaria 1 x 0 Silva Jardim; Nova Iguaçu 1 x 0 CFZ do Rio; Teresópolis 2 x 0 Rio Branco; Tigres do Brasil 3 x 1 Bréscia; Angra dos Reis 1 x 1 Aperibeense; Céres 4 x 0 Serrano.
Classificação: Grupo E - 1º Goytacaz, 8 pts; 2º Portuguesa, 6; 3º Sendas, 5; 4º Guanabara, 1. Grupo F - 1º Bangu, 12 pts; 2º Olaria, 7; 3º Silva Jardim, 2; 4º Floresta, 1. Grupo G - 1º Nova Iguaçu, 7 pts (saldo: 1 / gols pró: 4); 2º CFZ do Rio, 7 (saldo: 1 / gols pró: 3); 3º Teresópolis, 6; 4º Rio Branco, 2. Grupo H - 1º Tigres do Brasil, 10 pts; 2º Angra dos Reis, 5; 3º Aperibeense, 4; 4º Bréscia, 3. Grupo X - 1º Céres, 5 pts (saldo: 4); 2º Independente, 5 (saldo: 1); 3º Villa Rio, 4; 4º Serrano, 1ponto.
A segunda rodada do returno da segunda fase do Estadual da Segundona acontece nesta quarta-feira (1), às 15h. No Luso Brasileiro, Portuguesa x Guanabara; no Louzadão, Sendas x Goytacaz; na Bariri, Olaria x Bangu; no Orlando Pedro, Silva Jardim x Floresta; em Cardoso Moreira, Rio Branco x Nova Iguaçu; no Antonio Salvatoni, Teresópolis x CFZ do Rio e no Jose Gonçalves Filho, Aperibeense x Tigres do Brasil (José Gonçalves Brandão Filho). À noite, às 19h, no estádio Jair Toscano de Brito, Angra dos Reis x Bréscia. Pelo Grupo X, no estádio Atilio Maroti, em Petrópolis, Serrano x Independente e na quinta-feira (2), às 15h, no estádio Luso Brasileiro, Villa Rio x Céres.
Principais artilheiros: Assumpção (Olaria) e Viola (Angra dos Reis), 10 gols; Rondinelli (Goytacaz), 9; Pipico (CFZ do Rio) e Roberto (Tigres do Brasil), 7; Léo Andrade (Guanabara), Orlando e Éberson (Portuguesa), Valdir (Bangu), Batata (Bréscia), Celso Ney (Teresópolis) e Tubarão (Floresta), 6; Adão (Aperibeense), Renê (Estácio de Sá), Alex Arruda (Serrano), Jackson (Sendas), Gilcimar (Nova Iguaçu) e Serginho (Tigres do Brasil), 5 gols.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Unidos da Aroeira levanta o caneco em Macaé

O Unidos da Aroeira conquistou o bi-campeonato de futebol amador macaense na tarde deste domingo (28), ao derrotar o Atlântico do Futuro por 5x2 no estádio Expedicionário. Foi uma vitória inédita, pois antes só haviam registros de empates na história destes confrontos. E o Atlântico não conseguiu quebrar o tabu, agora é penta vice-campeão. Prometendo disputar o Estadual de Profissionais da Terceirona em 2009, o time do presidente Tilico, vai realizar o jogo festivo das faixas, no dia 19 de outubro, às 15h, contra o Cruzeiro, em Rio Bonito.
Foi um jogo emocionante e a galera que foi ao Expedicionario vibrou com os sete gols. O Atlântico do Futuro quase abriu o placar, mas a bola carimbou o travessão, após o goleiro Diego tocar a bola com a ponta dos dedos, no belo chute do volante Beto. Foi o suficiente para acordar o rubronegro da Aroeira, que fez 3x0, com Elton, Marcelo e Rodrigo aina na primeira etapa.
Na volta do intervalo, Elton ficou no vestiário devido a uma torção no tornozelo esquerdo e foi substituído pelo Grimário. O time comandado pelo Hélio Cabral esboçou uma reação, com o atacante Maicom, balançando o barbante. Mas, do outro lado, o atacante Rodrigo estava inspirado e marcou mais dois gols ampliando a placar e assumindo a artilharia da competição. Maicom fez o segundo para o Atlântico, e o placar ficou 5x2, Unidos da Aroeira.
Nos minutos minutos finais, Beto foi expulso e não aceitou a "provocação" do goleiro Diego. Houve uma confusão generalizada dentro da área do goleirão e invasão dos jogadores suplentes. O árbitro Gelson Ferraz expulsou o goleiro, e em seguida deu o jogo por encerrado, antes dos 45 minutos. O clima não era favorável para a bola rolar e o placar estava dilatado. A partir do apito final, o título de bi-campeão foi muito comemorado pelo Unidos da Aroeia.
O presidente da Liga Macaense de Desportos, Wanderson Agostinho, premiou os campeões e vice-campeões com medalhas e troféus. O goleiro Diego recebeu o troféu de goleiro menos vazado (sofreu 13 gols nos 13 jogos) e o atacante Rodrigo, o troféu de artilheiro, pelos 13 gols marcados pelo Unidos da Aroeira.
Aroeira: Diego; Tiganá (Valdir), China, André e Fofão; Marcelo (Toninho), Junior, Venilson e Elton (Grimário) (Nei); Paulinho (Dudu) e Rodrigo. Técnico: Alanderson "Latino". AtLãntico: Roni; Baiano, Rude (Xande), Paulão e Clodoaldo (Fabianho); Beto, Wellington (Décio), Raniere e Binho; Tiago (Carlos) e Maicom. Técnico: Hélio Cabral. O árbitro foi Gelson da Silva Ferraz, auxiliado pot Luis Henrique Vilela e Edson Pereira "Bolinho".

Semifinais emocionantes nas categorias de base
No mesmo Expedicionário, pela manhã no domingo (28), foram realizadas duas semifinais pelas categorias de base. No Pré-Mirim, a Escolinha do Fla-Macaé derrotou o Cidade do Sol por 2x1, com dois gols de Luis Pinheiro Neto e Lucas descontando para o time do Clube dos Empregados da Petrobras-CEPE.
O segundo jogo, no Mirim, foi marcado pelo equilibrio até o apito final. Após um empate em 1x1 no tempo regulamentar o CPSCA eliminou o Quissamã nas cobranças de tiros livres da marca do pênalti. Na primeira etapa, a rede não balançou e os gols sairam quando parecia que o duelo terminaria no 0x0. O gol do Quissamã foi ao 29 minutos, marcado pelo atacante Luan e nos acréscimos, Jairo decretou o empate escorando de cabeça, após cobrança de falta pela direita da grande área.
Nas cobranças dos pênaltis, o goleiro Lucas defendeu as cobranças de Tiborão e Gabriel, e o chute do Lucas bateu na trave. Converteram para o Quissamã: Riverton, Luan, Igor e Walace. Pelo CPSCA, Biel chutou nas mãos do goleiro Quissamaense e Alemão carimbou o travessão. Mas, Bruno, Mateus, Willian, Jairo e Alvarenga converteram e garantiram a vitória do Centro de Promoção Social Crianças do Amanhã, por 5x2, colocando o time macaense na final.

Vitória inédita do Independente
Outra excelente notícia para o futebol macaense foi a vitória do Independente por 2x1 contra o Villa Rio, jogando na Ilha do Governador, em jogo válido pelo Quadrangular da Repescagem, no Estadual da Segundona.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Quissamã volta a campo pela Terceirona do Rio

Finalmente saiu a tabela da segunda Fase do Campeonato Estadual da Terceirona de Profissionais, e a bola volta a rloar neste sábado (27), com todos os confrontos iniciando às três da tarde. Pelo Grupo I, o Quissamã (melhor time da primeira fase por índice técnico), recebe o La Coruña, no estádio Carneirão e no outro duelo deste Grupo, o Canto Rio enfrenta o Futuro Bem Próximo, no estádio do Castelo, em Rio Bonito
Pelo Grupo II, no sábado, o Arraial do Cabo enfrenta o Campo Grande e no domingo, o Rubro vai duelar contra o Fênix, em Bangu. Pelo Grupo III, o Bela Vista recebe o Kaiserburg e o Paraíba do Sul encara o Castelo Branco. Pelo Grupo IV, o Várzea recebe o Barra Mansa, no estádio Heleno Nunes e o Sampaio Correa mede forças com o São João da Barra, no Eucyr Resende de Mendonça, em Bacaxá
Tereceirona do Brasileiro
De nada adiantou a torcida do Duque de Caxias-RJ. O Mixto-MT até que saiu na frente, mas sofreu o empate do Atlético-GO e o jogo terminou em 1 x 1, nesta quarta-feira, pela quinta rodada da terceira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Se o time mato-grossense tivesse vencido, o Duque garantiria vaga ao octogonal final com uma rodada da antecedência. Com a igualdade, os quatro times do Grupo 27 seguem com chances de classificação.
O Duque de Caxias lidera com dez, seguido de Atlético-GO e Guaratinguetá, com sete e Mixto-MT, com quatro. A situação do time mato-grossense é extremamente delicada, já que na última rodada precisa golear o Guará, fora de casa, e ainda torcer por derrota do Atlético para o Duque, também por goleada.
No próximo domingo, os dois clubes voltam a campo pela última rodada da terceira fase. O Dragão recebe o Duque de Caxias-RJ, às 16 horas, em Goiânia, enquanto o Mixto enfrenta o Guaratinguetá, em São José dos Campos, no mesmo horário.

Duque de Caxias foi imbatível no Marrentão

A penúltima rodada da terceira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, disputada nesta quarta-feira (24), fez os dois primeiros classificados para o Octogonal Final. No Grupo 28, como já era esperado, Guarani-SP e Brasil-RS carimbaram passaporte para a fase final.
O Bugre derrotou o Ituiutaba-MG, por 2 x 0, em Campinas, e se isolou na liderança, com 11 pontos. Já o time gaúcho levou um susto ao sair atrás no placar, mas reagiu e empatou o jogo, que terminou 1 x 1. O resultado deixou o Brasil em segundo lugar, com nove pontos, enquanto Marcílio é o terceiro com quatro, e o Ituiutaba o lanterna da chave, com três.
No próximo domingo, o Guarani enfrenta o Marcílio Dias-SC, em Itajaí, e o Ituiutaba-MG recebe o Brasil-RS. os dois jogos serão realizados às 15h30, e um empate praticamente garante o Bugre na primeira posição. A igualdade só não servirá ao alviverde se os gaúchos vencerem por cinco gols de diferença.
Depois de empatar com o Guaratinguetá, por 1 x 1, o Duque de Caxias-RJ torceu pelo Mixto-MT, que se vencesse o Atlético-GO classificava os cariocas com uma rodada de antecipação. Mas apesar de sair na frente, o time mato-grossense permitiu o empate, e a partida terminou em 1 x 1, ficando a definição das duas vagas para a última rodada.
O Duque ainda lidera com dez pontos, o Atlético-GO é o segundo com sete, e o Guará o terceiro, também com sete, e o Mixto é o último, com quatro. Na última rodada, o Dragão recebe o time carioca, enquanto o time paulista joga em casa contra o Mixto. Se o time carioca avançar, terá que arrumar um novo estádio, pois no Marrentão só cabe 5 mil torcedores. Engenhão ou São Januário, são as primeiras opções.
No Grupo 26, ASA-AL e Campinense-PB tinham a oportunidade de se garantirem por antecipação na fase final, mas desperdiçaram a chance e embolaram a chave. O time alagoano saiu na frente do Confiança-SE, mas permitiu a virada e perdeu por 3 x 1. O Campinense-PB também saiu na frente do Salgueiro-PE, mas sofreu o gol de empate empate no final. Com os resultados, o ASA segue na liderança, com oito pontos, junto com o Confiança.
O Campinense vem a seguir, com sete, e o eliminado Salgueiro é o lanterna, com três. Na última rodada, neste domingo, o ASA recebe o Campinense, enquanto o Salgueiro joga em casa com o Confiança.
No Grupo 25, o Rio Branco-AC derrotou o Luverdense-MT, por 1 x 0, e deu enorme passo rumo à classificação. O clube lidera a chave com dez pontos, e só precisa de um empate com o Paysandu, em casa, na última rodada. No outro jogo da chave, o duelo paraense entre Paysandu e Águia acabou 1 x 1. Assim, os dois times dividem a segunda posição, com oito pontos, mas o Papão leva vantagem no saldo de gols. Mas na última rodada, o Azulão tem jogo teoricamente mais fácil, já que joga em casa contra o eliminado Luverdense-MT.
Resultados da 5ª rodada pela 3ª fase do Campeonato Brasileiro da Série C, realizados nesta quarta-feira Grupo 25 - Luverdense-MT 0 x 1 Rio Branco-AC e Paysandu-PA 1 x 1 Águia-PA ; Grupo 26 - Campinense-PB 1 x 1 Salgueiro-PE e Confiança-SE 3 x 1 ASA-AL ; Grupo 27 - Duque de Caxias-RJ 1 x 1 Guaratinguetá e Mixto-MT 1 x 1 Atlético-GO ; Grupo 28 - Guarani 2 x 0 Ituiutaba-MG e Brasil-RS 1 x 1 Marcílio Dias-SC

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Independente sofre gol de goleiro no empate com o Céres

O Independente vencia o Ceres por 1x0, gol de pênalti cobrado pelo meia Gil (foto), na tarde desta quarta-feira (24), no velho estádio Expedicionario em jogo válido pela segunda rodada no Torneio da Repescagem. A primeira vitória no Estadual da Segundona perecia certa, mas nos acréscimos, o time macaense sofreu o gol de empate marcado pelo goleiro Léo Flores, o "Bufalo", que de nuca desviou para o fundo das redes aproveitando uma cobrança de escanteio. No outro jogo deste Grupo X, o Serrano foi derrotado pelo Villa Rio por 2x1, no estádio Atilio Maroti, em Petrópolis.
Com este resultado, o Villa ssume a liderança com quatro pontos; Independente e Ceres dividem a segunda posição, cada um com dois pontos e o Serrano fica isolado na lanterna aterrorizado com o "fantasma do rebaixamento, com apenas um pontinho. O Independente inicia no próximo domingo, contra o Villa Rio, na Ilha do Governador, a série de três jogos consecutivos fora de Macaé. No outro confronto, o Céres recebe o Serrano, em Bangu.
Nos jogos em que os clubes ainda sonham com uma das duas vagas na elite do futebol carioca em 2009, apenas oito gols foram marcados nos nove jogos realizados. Em quatro duelos, a rede nã balançou. Pelo Grupo E, no Louzadão, Sendas 3x2 Guanabara e no Luso Brasileiro, Portuguesa 0x0 Goytacaz ; Pelo F, na Bariri, Olaria 1x0 Floresta e Silva Jardim 0x1 Bangu; Pelo G, em Teresópolis, Teresópolis 0x1 Nova Iguaçu e em Cardoso Moreira, Rio Branco 0x0 CFZ do Rio; Pelo H, em Aperibé, com arbitragem do macaense Fábio Rogério, Aperibeense 2x1 Bréscia. Em jogo isolado às 19h, pelo Grupo H, o Angra dos Reis empatou em 3x3 com o Tigres do Brasil, no Estádio Jair Toscano, em Angra.
Duque de Caxias empata com o Guaratinguetá
Pela quinta rodada no grupo 27 da Série C do Campeonato Brasileiro, o Duque de Caxias deixou escapar a classificação antecipada à próxima fase, ao empatar em 1 x 1 com o Guaratinguetá, na tarde desta quarta-feira, no estádio Romário de Souza Faria, o "Marrentão". O gol do escrete caxiense foi marcado pelo atacante Dudu, ainda no primeiro tempo. O Guará empatou na segunda etapa, com Vágner Carioca.
Apesar do empate, mantendo a invencibilidade no Marrentão e a liderança isolada, com dez pontos, o Duque de Caxias aguarda o resultado da partida entre Atlético Goianiense-GO e Mixto-MT, às 21h30. O time caxiense poderá dormir classificado para a outra fase da Terceirona.

Capa Macaé de Kart no Centro de Convenções

Uma pista será improvisada no estacionamento do Centro de Convenções Roberto Marinho (Macaé Centro), para a realização da Copa Macaé de Kart, no próximo domingo (28), com os motores roncando a partir das 9h e a entrada é franca.
Sempre com a promessa da construção de uma pista oficial, que teve inclusive o projeto sido lançado com a presença de Suzane Carvalho em Macaé, até 1999 as corridas eram realizadas nas ruas de Imbetiba, além das improvisadas e perigosas pistas no Parque de Exposições. A competição reúne três categorias: V4C Estreante, V4B- intermediária e V4A - pilotos mais experientes de melhor nível e mais rápidos. Os treinos começarão às 9 h e a partir das 13 h, serão realizadas as provas. Estarão competindo pilotos de 13 aos 56 anos, de Rio das Ostras, Campos e Macaé e também do estado do Espírito Santo.
Já confirmaram presença, os pilotos Márcio Curi, Odair Pacheco, Walter Ebenese, Roberto Mussi Elias Senna Júnior e Willian Robert, que já participaram de competições a nível estadual representando o município de Macaé. Um dos organizadores do evento, Rogério Sá afirmou que um dos objetivos do retorno das competições de kart em Macaé é incentivar a prática deste esporte e trazer novos pilotos para esta modalidade esportiva.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Federação Carioca festeja com as Ligas Municipais

O Campeonato Estadual de Ligas Municipais, que já foi muito mais interessante, competitivo e organizado, chegou ao seu final, depois de um Triangular em que o campeão entrou na disputa pelo título após ganhar a vaga no Tapetão e um jogo por Win Out.
A Federação Carioca ainda promoveu um Quadrangular Rio-São Paulo, com os campeões e vices, de ambos os Estados, na preliminar de Flamengo x Ipatinga, no Maracanã
Mas este fato quase não foi percebido. A cerimônia oficial de encerramento e premiação do Campeonato Estadual de Ligas Municipais 2008, realizada na tarde desta segunda-feira (22), na sede do América Football Club, na Rua Campos Salles, encobre todos os erros e enche o ego dos cartolas (foto) que dirigem o futebol amador. Na ocasião, foram agraciadas as Ligas Campeãs por Região, o Artilheiro da competição, a defesa menos vazada, o ataque mais positivo, o goleiro menos vazado e a equipe mais disciplinada, além da equipe campeã Estadual, a Liga de Porto Real.
Num primeiro momento, foi apresentado um Vídeo Institucional da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Após, o vídeo, foi dada a palavra ao Presidente da FERJ, Dr. Rubens Lopes da Costa Filho, que definiu a importância da solenidade. "Qualquer clube de qualquer entidade que queira fomentar e difundir o esporte passa pelas ligas que têm papel preponderante neste contexto, pois todo esporte passa por elas daí a merecida atenção. O interior forte faz com que o futebol de todo o Estado do Rio de Janeiro seja forte.", disse o presidente.
Após os discursos iniciais foi feita a premiação das Ligas Municipais que conquistaram os títulos em suas respectivas regiões: Serrana A, o Teresópolis e Serrana B, o Bom Jardim; Médio Paraíba, o Porto Real; Costa Verde, Angra dos Reis; Sul Fluminense, Paracambi; Metropolitana, Niterói; Metropolitana Baixada, Nova Iguaçu; Noroeste, Bom Jesus do Itabapoana; Norte Fluminense, Campos dos Goytacaz; Baixada Litorânea, Rio das Ostras.
Além destes troféus ainda foram agraciados, o Teresópolis com a defesa mais eficiente e Campos dos Goytacazes, com o ataque mais positivo. Rio das Ostras ficou com o troféu de seleção mais disciplinada. Já os prêmios individuais foram para William Moraes, da Liga de Bom Jardim, o artilheiro, e Leandro de Oliveira, da Liga Campista, o goleiro menos vazado. Ainda foram premiadas as seleções de Porto Real, campeã do Estadual de Ligas Municipais 2008 e Campos dos Goytacazes, vice campeonato.

Macaé promoverá o III Open de Jiu-Jitsu no Juquinha

O Ginásio do Juquinha receberá neste domingo (28), o III Open Macaé de Jiu-Jitsu. O evento acontece a partir das 9 h, sendo esperados 300 atletas de diversas localidades do Estado o Rio de Janeiro, no qual estarão presentes lutando por dois objetivos: pelo lugar mais alto do pódio e mostrando a força do esporte por uma causa nobre e social.
Os interessados em participar do campeonato devem doar dois quilos alimentos não perecíveis, que serão entregues a comunidades carentes do município pelos próprios atletas. Já os competidores acima de 16 anos, além de doar os alimentos, devem pagar uma taxa R$ 15 pela inscrição. O cadastro pode ser feito na Associação Matsuda de Judô, que fica na Rua Visconde de Quissamã, 123 A - Centro, ou pelo telefone (22) 8822-8792.
O prazo de inscrição se encerra na sexta-feira, às 18h. O público que quiser prestigiar o III Open Macaé de Jiu-Jitsu basta, também, doar dois quilos de alimentos não perecíveis para assistir os melhores lutadores do Estado do Rio. Segundo Cláudio Joanino (na f0to, com o Gaia), organizador do evento, a expectativa é de arrecadar uma tonelada de donativos.
Entre os principais atletas que confirmaram presença no campeonato estão Tiago Gaia (vice-campeão Brasileiro e 3º colocado Mundial de Jiu-Jitsu, em 2007, e vice-campeão Brasileiro, em 2008); Maxmiliano Freitas (vice-campeão mundial na categoria absoluto em 2008 - faixa preta) e Rodrigo ‘Presunto’ (campeão Brasileiro, Sul-Americano e Mundial em 2008 - faixa marrom).
Quissamaenses treinam visando o Brasileiro de Jiu-Jitsu
A equipe da Academia Grace Barra de Jiu-Jitsu - núcleo Quissamã, vem participando de campeonatos regionais como forma de preparação para o Brasileiro e em seguida, o Sul Americano da modalidade. As duas competições acontecem em novembro, respectivamente, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina. Entre os diversos atletas, o destaque vai para os jovens Décio Navarretti e Felipe Nunes que, no último final de semana, conquistaram medalhas na Copa Pepê, em Guarapari, no litoral capixaba.
Décio conquistou o ouro na categoria juvenil faixa azul leve; e Felipe levou prata na categoria juvenil faixa azul médio. “Décio ganhou tranqüilamente dos adversários com lutas rápidas até a final. Já Felipe seguiu o mesmo ritmo, mas se desconcentrou na última luta e acabou ficando com a prata”, explicou o instrutor da equipe, Fábio Luiz de Almeida Guimarães.
Com relação ao Mundial de Jiu-Jitsu, que acontece em junho do ano que vem, nos Estados Unidos, Fábio disse que inicialmente vão ser inscritos os dois atletas, mas que este número não está fechado e se outros competidores estiverem preparados também vão ser inscritos. O desafio, quanto a ida ou não, é se o grupo vai conseguir patrocínio.
Os treinos acontecem na Academia Quissa Fitness, às terças e quintas, das 19 às 20 horas; na quarta, das 20 às 22 horas; e nas segundas, quartas e sextas, do meio-dia às 14 horas. Todo o trabalho desenvolvido com o grupo, que conta com cerca de vinte alunos atualmente, está sob a supervisão do professor de educação física e faixa preta Paulo César.
O instrutor Fábio deixa claro que as conquistas dependem de cada atleta. “Independente do renome da Academia Grace, cada atleta chega onde quer, porque tudo depende da dedicação de cada um. Isso pode ser exemplificado através do Décio, do Felipe e de alguns outros atletas que vêm se destacando em competições”, explicou. Além de representar a academia, os atletas levam também o nome de Quissamã para estas competições, e contam com a Coordenadoria de Esportes, que garante o deslocamento até as competições.

Macaé recebe o Circuito de Boadyboarding no Pecado

Patrocinado pela Prefeitura de Macaé por meio da Fesporte, o evento está confirmado para os dias 26, 27 e 28 de setembro, na Praia do Pecado, e distribuirá 1000 pontos para o ranking brasileiro de Bodyboarding, além de 15 mil reais em premiação. O que promete atrair os melhores do Brasil e porque não dizer os melhores do mundo, já que os líderes mundias deste ano são brasileiros.
A estrutura será grandiosa e contará com um palanque de dois andares, além de duas áreas laterais destinadas exclusivamente aos atletas, que serão identificados através de pulseiras. Fora da areia, a Prefeitura de Macaé estará disponibilizando as dependências do Ginásio Municipal Maurição, para que os atletas possam se hospedar gratuitamente. As vagas são limitadas e a ordem de prioridade por uma das vagas do alojamento será decidida pela data de confirmação do deposito de inscrição.
Dicas para chegar a Macaé. Quem vem do Sul, existem ônibus saindo do Rio de Janeiro com destino à Macaé com intervalo de 40 minutos. Para os que vem do Norte, existem ônibus saindo do Espirito Santo para Macaé duas vezes ao dia. O alojamento do Ginásio Municipal será aberto a partir de 14 horas do dia 25 de setembro (quinta-feira). Chegando em Macaé, basta se dirigir ao terminal rodoviário Centro e pegar um ônibus com destino ao bairro Riviera Fluminense, e pedir informação ao motorista para descer o mais próximo possível do Ginásio. Após chegar ao Ginásio, procurar pela funcionária Marinete ou ligar para o telefone (22) 9942-1132.
Em 2006, a cidade de Macaé recebeu uma das etapas do circuito Latino Americano de Bodyboard, por isso a Praia do Pecado já é conhecida da maioria dos atletas brasileiros e considerada local ideal para a prática do bodyboard. “Estamos de braços abertos para receber todos os atletas do Brasil. Estamos trabalhando duro para fazer um evento com a melhor organização possível, para agradar a todos e proporcionar a comissão técnica o melhor ambiente de trabalho para que tudo corra bem”, informou Malik Lázaro, presidente da Associação Macaense de Bodyboard (AMB).
Entre os homens, quem aparece na ponta é o atual líder do ranking mundial, o baiano Uri Valadão. Uri, que venceu a etapa de Itajaí e de Rio das Ostras abriu uma boa vantagem sobre seus concorrentes, mas as disputas seguem em aberto, pois ainda restam três etapas até o fim do ano e tudo pode mudar. Roberto Bruno vem logo atrás do baiano voador e promete esquentar a briga. Vale ressaltar ainda, que a presença de Guilherme Tâmega para essa etapa é quase certa. O atleta, hexacampeão mundial, está no Rio de Janeiro e sua presença em Macaé esta quase definida.
Já entre as mulheres, teremos uma edição do circuito mundial em formato de campeonato brasileiro. Todas as atletas que correm o tour mundo afora estarão presentes em Macaé, e a promessa é de um duelo mais do que emocionante. As sete primeiras do ranking brasileiro aparece entre as nove melhores do mundo no ano de 2008, esse é só um dos pontos para se medir o alto grau de dificuldade do circuito nacional. Naara Carolyne (foto de maiô), que aparece na quinta posição no ranking mundial, é a atua líder do circuito brasileiro. A capixaba teve um excelente desempenho nas três competições disputadas no Brasil e lidera o ranking entre as mulheres.
No entanto, a distância para a segunda colocada não é tão grande quanto entre os homens. Isabela Sousa, líder do circuito mundial, vem logo atrás e promete acirrar o duelo pela liderança na etapa do Rio. A macaense Jéssica Becker, sétima colocada no ranking mundial, estará competindo onde praticamente foi criada pegando onda e terá o apoio da torcida.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Só o Independente ainda não venceu na Segundona

A reapresentação do Independente aconteceu na manhã desta terça-feira (22) no Expedicionário, e após o aquecimento, o técnico Jeová Ferreira comandou um treino tático, na tentativa de corrigir os erros cometidos no empate em 2x2 contra o Serrano, na primeira rodada, para que os mesmos não sejam repetidos contra o Ceres. O goleiro Anderson Macaé retorna ao gol após cumprir suspensão automática, porém o atacante Ítalo, cumpre suspensão por ter sido expulso.
Será o penúltimo jogo em Macaé, e mesmo não podendo contar com o apoio da torcida (pelo fato de ser um jogo com portões fechados, em consequência da falta do laudo liberatório que permita a presença de público) o Independente terá mais uma chance de conquistar a primeira vitória no Estadual da Segundona. "Nosso time não vinha mostrando tranqüilidade para fazer gols e, nesse sábado, fez dois. Precisamos vencer o Ceres quarta-feira (24) , já que a partida será em casa. Até porque a tabela prevê três jogos seguidos fora de Macaé", analisa Ferreira.
Após a mini-excurssão pelo Estado do Rio, o Independente volta à Macaé para fazer a sua despedida nesta temporada, recebendo o Villa Rio, numa quarta-feira (8 de novembro), às três da tarde, no "estádio" Expedicionário. Até lá, o time já poderá estar rebaixado à Terceirona, mantido na Segundona ou decidindo o seu destino à uma das duas Divisões, sem ter na arquibancada o incentivo do torcedor.
Nesta terça-feira (23), haverá um treino recreativo pela manhã no Expedicionário, e após o almoço, os jogadores ficarão em regime de concentração. Ferreira só divulgará o time titular momentos antes de a bola rolar, numa estratégia de manter todo o grupo motivado.
A Comissão de Arbitragem da Federação Carioca já escalou Bruno Ferreira Mitidieri Cortez, o mesmo que apitou em Macaé no dia 10 de agosto, na derrota do Independente por 3x1 para o Rio Branco. Ele será auxiliado pelo Marcio Fernando da Silva e Wendel de Paiva Gouveia nas bandeiras. O 4º árbitro Luiz Eduardo dos Santos. O árbitro macaense Fábio Rogério Neves da Conceição, vai apitar Aperibeense x Bréscia, em Aperibé.

Vitória é tri-campeão cabofriense no futebol de praia

Pela terceira vez consecutiva, o Vitória conquista o Campeonato Cabofriense de Futebol de Praia, ao derrotar J.Cristo por 3x0, gols de Guilherme, Duda e Biju. Sob os olhares atentos do técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer e de alguns atletas, entre eles Benjamin e Burú, o time do Caiçara levantou o caneco. Há uma década, nenhuma equipe tinha conseguido este feito. O último foi o Telegrafo.
Nos dois jogos da finalíssima, o Vitória mostrou porque é um time vencedor. Foi superior nas duas partidas, e conquistou merecidamente o título. Neste duelo final, com apenas dois minutos de partida, os tricampeões já venciam com o gol do meia Guilherme, um dos destaques do time. O jogador recebeu um cruzamento e testou para o gol, a bola ainda bateu no zagueiro do J.Cristo, antes de balançar o barbante.
O J. Cristo teve muito tempo para tentar reverter o placar, mas não conseguiu reagir. Mesmo com a vitória parcial, o time do Caiçara continuou atacando, sempre com Ronaldinho, Guilherme e Henrique organizando as jogadas ofensivas. Atordoado, o time da Vila Nova tentava na base da raça chegar ao gol adversário, pois não estava organizada na areia.
E foi assim, na base da garra que teve uma grande oportunidade de empatar. Aos 13 minutos, Dodô chutou a bola na trave, no rebote, a zada do Vitória evitou o gol. O J.Cristo tentava, mas bem postada, a defesa do Vitória se safava como dava, e ainda era muito perigoso nos contra-ataques.
No segundo tempo, o Vitória fechou o caixão logo aos cinco minutos, com mais dois gols. Henrique cobrou falta na cabeça do zagueiro Duda, que testou forte, no ângulo, 2x0. Um minuto depois, foi a vez do artilheiro do campeonato, Biju, receber passe de Black e fuzilar o goleiro João Paulo, carimbando a faixa de campeão. Na base do desespero, o J.Cristo ainda tentava alguma coisa, mas a defesa do Vitória conseguia segurar os ataques.
O técnico Vaguinho ainda colocou Neném, ex-Seleção de Beach Soccer, mas o atacante não mostrou o faro de artilheiro, perdeu três boas oportunidades, e terminou a competição sem nenhum gol. Final de jogo, e muita comemoração na praia pela conquista do Vitória.

Macaé desencanta no Estadual de Futsal Feminino

Na última rodada pelo turno do Estadual de Futsal Feminino, o Macaé Sports voltou a jogar na tarde deste domingo (21) no Ginásio Maurição, e desta vez não decepcionou a galera, derrotando a equipe feminina da UFRJ por 6x2, na competição promovida pela Liga Rio Futsal.
Shirley marcou dois gols, Lidiane, Graziele, Jeniffer e Isabela (contra), para o time macaense. A mesma Isabela e Thaís fizeram os gols para o time da Universidade. As macaenses entraram em quadra dispostas a vencer e conseguiram quebrar a sequência de duas derrotas. Agora é embalar na briga pela classificação a próxima fase, jogando com atitude no returno.
Macaé Sports: Claudia, Roberta, Alex Sandra, Mariana, Vanessa, Tamires, Luziânia, Iara, Lidiane, Shirley, Graciele e Jeniffer. Técnico: Gime Lessa, auxiliado pelo preparador físico Raphael Alves. UFRJ: Amanda, Adriana, Daniela, Vanessa, Cristiane, Juliana, Lívia, Isabela, Mariana, Roberta, Tayane, Fátima e Thais. Técnico: Marcus Vinicius. A arbitragem foi composta por Rodrigo Costa e Gelb Pires, no apito, apontador Edson Veloso e cronometrista Thaimini Indira. O Macaé Sports volta a jogar no próximo domingo (28), na abertura do returno, recebendo o River, às 15h, no Ginásio Maurição, em Macaé.

Pelo Estadual Masculino, o Centro Esportivo Cabo Frio aplicou uma impiedosa goleada no Canto do Rio, por 11x0, indo à forra da derrota ano passado, na rodada de abertura desta competição. A equipe cabofriense, treinada pelo técnico Savio Badini, premiou a galera que ao, Ginásio Poliesportivo Aracy Machado, com três gols de Fabrício (3), o trio Marcelo, Wellington e Arthur, marcando dois gols cada, Léo e Bruno Ciro, fechando a sacola do Cantusca.
Com esta vitória, o Cabo Frio chegou aos 15 pontos ganhos, e assumiu a liderança isolada. O outro representante cabofriense, a Drogaria do Povo, foi goleado pelo Flamengo por 5x1, no Ginásio da Gávea. Com a derrota, a equipe da ADDP ainda continua na quinta posição, um ponto atrás do Canto do Rio.
Jogos Abertos do Anterior
No futsal masculino, Cabo Frio goleou Campos por 10x2. No feminino, aa campistas se vingaram, derrotando as cabofrienses por 9x0. A fase final do JAI será em Cabo Frio, nos dias 10,11 e 12 de Outubro. No masculino, além do Centro Esportivo, Teresópolis, Vassouras e Quissamã disputam o título de campeão..

Independente deixou escapar a primeira vitória

Na rodada de abertura pelo Torneio da Repescagem, no Estadual da Segundona, o Independente empatou na tarde deste sábado (20), em 2x2 contra o Serrano, jogando no estádio Expedicionário, em Macaé. No outro confronto deste Grupo, Ceres e Villa Rio, empataram sem balançar a rede. A equipe macaense não terá tempo nem tempo para lamentar pois na quarta-feira (24) volta a campo para enfrentar o Céres, de novo, no Expedicionário.
Na reabertura do estádio Ary de Oliveira e Souza, liberado depois de um ano interditado pelo Ministério Público Estadual, o Goytacaz derrotou o Sendas por 2x1, neste sábado (20), de virada com um gol do macaense Wallacer aos 45 minutos do segundo tempo. O Sendas tirou o primeiro zero do placar com Elvis, o zagueiro Ciro empatou, e Wallacer garantiu a vitória do alvi-anil.
O Rio Branco se reabilitou da derrota na estréia, conseguindo um empate heróico em 2x2 contra o Nova Iguaçu, nos acréscimos. Gilcimar abriu o placar a favor do atual campeão da Copa Rio, Arthur empatou, Zambi colocou o Nova Iguaçu de novo na frente e Marcelo deu números finais ao jogo, marcando o gol de empate aos 47 do segundo tempo.
Nos outros jogos pela segunda rodada, na segunda fase da Segundona, o Guanabara foi derrotado por 2x1 pela Portuguesa, em Araruama; o Bangu derrotou o Olaria por 3x1 em Moça Bonita; o CFZ do Rio derrotou o Teresópolis por 2x1, no Recreio dos Bandeirantes; o Bréscia derrotou o Angra dos Reis por 1x0, no Marrentão e o Tigres do Brasil goleou o Aperibeense por 4x1, na Baixada Fluminense.
A bola rolou pela Terceirona. No estádio Carneirão, o Quissamã goleou o Tanguá por 5x0; em Resende, Fênix 2x0 Cidadania; no Leão do Sul, Barra Mansa 1x2 Campo Grande; em Bacaxa, Sampaio Correa 2x1 São João da Barra; no KM 49 da Washington Luis, União de Marechal 3x6 Várzea; em Correas, Kaiserburg 2x3 Arraial do Cabo; no Miguelão, União Central 2x2 Canto do Rio; La Coruña 1x1 Tomazinho; na Ilha do Governador, Castelo Branco 3x1 Futuro e em Japeri, Condor 1x2 Bela Vista.

Aroeira só falta passar pelo Atlântico

O embalado Unidos da Aroeira garantiu vaga na final do Campeonato Amador Macaense, ao derrotar o Macaé por 3x1, na preliminar da rodada dupla pelas semifinais, na tarde deste domingo (21), no estádio Expedicionário. Rodrigo, Elton e Junior marcaram os gols do Aroeira, e Carlos Esteves fez o gol de honra. O árbitro Fábio Rogério distribuiu uma dúzia de cartões amarelos e dois vermelhos.
No jogo de fundo, o Atlântico do Futuro derrotou o Cajueiros, de virada por 3x2, e vai tentar o título inédito, quebrando o tabu, depois de quatro títulos de vice-campeão. O primeiro tempo foi emocionante, com cinco gols. Marcelinho fez CaJueiros 1x0, Binho empatou, o artilheiro Zeca recolocou o Cajuzão na frente, e com dois gols, Maicon virou o placar (3x2), garantindo o Atlântico na decisão.
Ainda neste domingo pela manhã, também no Expedicionário, o Nova Geração empatou em 0x0 com o CPSCA, pela categoria Pré-Mirim. No jogo de fundo, pelo Mirim, o Nova Geração derrotou o CPSCA por 2x1. O zagueiro David abriu o placar, 1x0 Nova Geração; Yago empatou e Igor (que deixou o Internacional-RS e voltou para Macaé) marcou um golaço. Na sede Campestre do CEPE-Macaé, o Cidade do Sol empatou em 1x1 com o CAEC pelo Infantil. O casimirense Neto fez o gol macaense.
Nova Geração: Mateus; Gutierre, David, Adryson e Luis Fernando; Renan, Érico, Igor e Marlon Mineiro (Vitinho); Micael (Iago) e Clayton (Gabriel). Técnico: Carlos Felipe. CPSCA: Luquinha; Mateuzinho, Robert, Alvarenga e Alemão; Bruno, Jairo, Yago e Biel; Fabiano e Baiano. Técnico: Fabiano Barcelos. O árbitro foi João Guanais, auxiliado por Cidenil Gregório "Xangô" e Luis Henrique Vilela.

Liga Macaense acertou a mão contra o Comary no Mirim

Na rodada tripla pelo Campeonato Estadual masculino de basquete, realizada no sábado (20) à tarde, no Ginásio do Juquinha, a equipe Mirim da Liga Macaense derrotou o Clube Comary por 91 a 33. Com o resultado, o time treinado pelo técnico Mario Meirelles permanece em quarto lugar na competição, com 15 vitórias e quatro derrotas. Já o clube de Teresópolis está na décima colocação com quatro vitórias e 14 derrotas.
Neste jogo, o cestinha foi o armador Loran, da LMB, com 26 pontos. Outros destaques do time macaense foram os pivôs Matheus Massena (16 pontos, 27 rebotes, 10 recuperações e cinco assistências) e Fernando (16 pontos, 22 rebotes, cinco recuperações e cinco assistências). A Liga Macaense começou o duelo com Raphael (6), Ygor (2), Luigi (8), Rodrigo (2) e Igor (7). Depois entraram Loran (26), Paulo (2), Wellerson (2), Leonardo (4), Fernando (16), Matheus Massena (16) e Douglas. Pelo time da região serrana, Ary foi o cestinha com 14 pontos.
No infantil e infanto-juvenil, a LMB foi derrotada em ambas as categorias. No infantil, o Comary venceu por 74 a 61e, no infanto, por 62 a 46. Os macaenses sofreram virada no placar nos dois jogos. No próximo sábado (27), a Liga Macaense recebe o Botafogo no Ginásio do Juquinha, nas três categorias. Os jogos começam a partir das 14h e a entrada é franca.

sábado, 20 de setembro de 2008

Independente precisa derrotar o Serrano em Macaé

Precisando vencer na rodada de abertura do Torneio da Repescagem, o Independente estréia neste sábado (20), às 15h, contra o Serrano, no Estádio Expedicionário de portões fechados, sem a sua força máxima. O goleiro Anderson Macaé cumpre suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo; e no treino de quinta-feira, o zagueiro Alerrandro e os atacantes Eduardo, Cristiano e Tiago Bala foram poupados, ficando sob os cuidados do massagista Evilásio, em tratamento intensivo, e ainda são dúvidas.
Com apenas 15 jogadores a disposição, o técnico Jeová Ferreira teve dificuldades para realizar os treinos coletivos, mas aproveitou a semana para ensaiar algumas jogadas, utilizando apenas metade do campo. Pior time na primeira fase da Segundona, com o pior ataque, só marcando dois gols (um de pênalti e outro contra), o Independente tem umas das defesas menos vazada. Contra o Serrano, o garoto Felipe, 18 anos, será o goleiro titular. Mas a zaga central estará reforçada com a volta do capitão Ernandes.
O Independente deverá iniciar jogando com: Felipe; Diego, Pablo, Ernandes e Arilson; Luciano, Dudu, Rodolfo e Gil; Italo e Léo Felix. O árbitro deste duelo será Marcelo Costa dos Santos, auxiliado por André Luiz da Silva Segundo e Fabio Torres de Souza. O 4º árbitro será Luciano Frederico de Oliveira. No outro jogo deste Grupo X, o Céres recebe o Villa Rio, em Bangu.
Na briga pelas duas vagas na elite do futebol carioca, a segunda rodada terá início neste sábado (20), às 15h, com a realização de sete duelos. Na Arena Guanabara, Guanabara x Portuguesa; no Aryzão, Goytacaz x Sendas; em Moça Bonita, Bangu x Olaria; no Janio Moraes, Nova Iguaçu x Rio Branco; no Antunes Coimbra, CFZ do Rio x Teresópolis; no Marrentão, Bréscia x Angra dos Reis; na Baixada Fluminense, Tigres do Brasil x Aperibeense. No domingo (21), às 15h, o Floresta recebe o Silva Jardim no estádio José de Souza Carvalho, em Cambuci.
Finalmente o torcedor do Goytacaz não precisará mais se deslocar para outros municípios, acompanhando o alvi anil campista. Com o aval do Corpo de Bombeiros e do Ministério Público Estadual (MPE) em mãos, o presidente Zander Pereira confirmou a liberação do estádio Ary de Oliveira e Souza para a partida de sábado contra o Sendas, válida pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Estadual da Segundona.
Até agora foram disputados 151 jogos com 356 gols marcados e a média de 2,357 gols por partida. O melhor ataque é o do Bangu, com 26 gols. o meenos positivo é o do Independente, apenas dois gols. As defesas menos vazadas são as do Aperibeense e Tigres do Brasil, cada uma sofreu cinco gols. A mas vazada é a do Guanabara, já sofreu 23 gols.
Na competição os mandantes venceram 70 vezes, e os visitantes venceram em trinta e cinco oportunidades, aconteceram 46 empates. Resultados mais registrados foram: 1x0, em 28 jogos e 2x0, em 24 duelos. Só o Bangu obteve nove vitórias e o Olaria oito empates. O Independente é o único que ainda não venceu, CFZ do Rio e Teresópolis, ainda não empataram.
Principais artilheiros: Assumpção (Olaria), 9 gols); Rondinelli (Goytacaz), 8; Pipico (CFZ do Rio) e Viola (Angra dos Reis), 7; Léo Andrade (Guanabara), Valdir (Bangu) e Batata (Bréscia), 6; Renê (Estácio de Sá), Tubarão (Floresta), Orlando (Portuguesa) e Roberto (Tigres do Brasil), 5; Eberson e Tiano (Portuguesa), Alex Arruda (Serrano), Hiroshi (Bangu), Léo Ramalho e Jackson (Sendas), Gilcimar (Nova Iguaçu), Jefferson (CFZ do Rio), Nado, Marcelo e Celso Ney (Teresópolis), Gilvan (Silva Jardim) e Carlão (Miguel Couto), 4 gols.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Piloto macaense é o novo líder no Estadual de Motocross

No último final de semana, 13 e 14 de setembro, os pilotos macaenses Fabiano de Lima Bastos e Jorge Luiz, ambos patrocinados pela FESPORTE através do Bolsa Atleta, e apoio da equipe Gordo Racing, competiram duas provas importantíssimas do cenário estadual, em cidades diferentes. O campeonato Estadual de Motocross, realizado pela FEMERJ em Casimiro de Abreu e a Liga Estadual da mesma modalidade, realizado pela LEMERJ em Iguaba.
As provas foram realizadas no mesmo final de semana, o que prejudicou e muito a vida dos pilotos macaenses, que tiveram que se dividir entre as duas competições. Fabiano de Lima, o "Naftalina" se concentrou no campeonato Estadual enquanto Jorge Luiz foi defender Macaé na Lemerj. Ambos venceram, cada um em sua categoria.
Pelo Campeonato Estadual, Fabiano competiu nas categorias Intermediaria e Sênior 30. Um dos destaques foi a pista da cidade, que depois de horas de chuva se tornou a pricipal dificuldade para os atletas superarem. “A pista estava muito difícil, com muita lama. Muitos pilotos se deram mal, pois com o piso enlameado as motos perdem totalmente a aderência", explicou "Naftalina". A lama levou dificuldade a muitos pilotos, porém para o macaense as condições da pista não foram tão prejudiciais. Fabiano já treinou muito em pistas de areia, e segundo o piloto a dificuldade é bem parecida. "Não podemos usar o freio. Temos que acelerar o máximo possível e reduzir a velocidade pelo freio motor. Quem acelera muito na lama fatalmente não consegue frear na curva e acaba fora da pista", explicou o macaense, que tem apoio da academia Equipe Atlética.
Na categoria Sênior 30, Fabiano deu show, apesar de largar na quinta colocação. Logo na primeira curva, o macaense superou dois adversários, fazendo uma bela ultrapassagem sobre seu rival, o piloto Vinicius Rachid, heptacampeão estadual, pulando para terceira colocação. Já nas voltas seguintes, Fabiano passou dois pilotos de uma só vez assumindo a primeira colocação na corrida, onde se manteve até o final.
Na categoria Intermediária, o macaense também fez bonito, largando na segunda colocação, Fabiano assumiu a liderança logo na segunda volta, passando o piloto da equipe Suzuki-Petrobras, que mesmo com uma estrutura maior tem perdido constantemente para Fabiano. Com a ultrapassagem, Fabiano assumiu a liderança e venceu com folga sua segunda corrida.
Com os resultados, o macaense assumiu de vez a liderança do Estadual 2008, que tem a previsão de mais duas provas até o final do ano.
Enquanto isso, na cidade Iguaba Grande, o também macaense Jorge Luiz, fazia bonito pela quinta etapa da Lemerj. Jorge Luiz encarou muito dificuldade na lama, assim como Fabiano. E também soube tirar vantagens do piso escorregadio. Pela Categoria Amador, Jorge Luiz, que tem apoio da Churrascaria Carne Seca e Aureo Center, largou na sétima colocação e foi buscando melhores colocações volta após volta, até chegar ao segundo lugar.
Ainda com chances de chegar à primeira colocação, Jorge Luiz forçou uma ultrapassagem mas foi atrapalhado por um piloto retardatário, perdendo contato com o líder da prova e terminando a mesma na segunda colocação. Já pela categoria MX2, largaram 22 motos e o macaense era o quarto colocado. Ainda nas primeiras voltas Jorge Luiz assumiu a liderança da prova e com muita inteligência soube administrar e aumentar sua vantagem sobre o segundo colocado, terminando a prova na primeira colocação e com mais de 100 metros de vantagem sobre o segundo colocado.
A próxima prova está marcada para o dia 21 de setembro em Carapebus pelo campeonato da Lemerj, onde os macaenses competiram juntos pelas melhores colocações da prova e do ranking.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Luciano Leandro é a novidade no Macaé Esporte

A moleza acabou para os atletas que não foram emprestados pelo Macaé Esporte e estavam curtindo uma folga prolongada, devido a eliminação precoce na Série C do Brasileirão. Visando o Cariocão de 2009, o "clube" macaense iniciou na tarde desta terça-feira (16) a sua pré-temporada. Na reapresentação, a principal novidade foi o ex-jogador Luciano Leandro, contratado para a Comissão Técnica.
Nesta primeira fase, o novo técnico, de 42 anos, trabalhará com os jogadores que têm contrato com o clube. Esta etapa de treinamentos deve ser realizada até o final de outubro, quando acontece a apresentação oficial, com os já possíveis reforços e a antiga comissão técnica, comandada pelo técnico Alexandre Gama.
Ídolo em Macaé, vestindo a camisa do União Nacional pela Terceirona do Carioca na década de 80, Luciano pretende colocar o Macaé no cenário internacional. "É uma felicidade imensa trabalhar no clube da minha cidade. Eu não vim para tirar o espaço de ninguém e, sim, para somar. Vou ter uma conversa com o Alexandre Gama e ver o que é melhor para o elenco. Além disso, espero conseguir ajudar a diretoria a realizar um antigo sonho: fazer uma excursão pela Ásia. Como joguei na Indonésia, já fiz alguns contatos e o Macaé está analisando as possibilidades para este intercâmbio". Disse Luciano, que é ídolo do futebol indonésio.
No treino físico realizado na Praia dos Cavaleiros, 12 jogadores participaram do treino comandado pelo preparador Maicon Botelho. São eles: o goleiro Lugão e Sandro "Dando"; os laterais Ronald e Éverton; os zagueiros Otávio, Emerson e Vágner; os volantes André Gomes, Léo Gonçalves e Pezão; o meia Carlos Alberto e o atacante Carlos Henrique. Outra novidade foi o goleiro macaense Sandro "Dando", que disputou a Série C do Brasileiro deste ano pelo Palmas, de Tocantins. O atacante Osmar se apresenta na segunda-feira (22). E nesta quinta-feira (18), os garotos pratas da casa, Jhon e Norton, se reapresentam no Moacyrzão.
Luciano Leandro iniciou a carreira de treinador na Indonésia, depois de ser idolatrado com a bola nos pés. " Fiquei 10 anos na Indonésia. Fui para lá em 1997, com 29 anos de idade, e defendi o Makasar, onde fui vice-campeão nacional na mesma temporada. Quatro anos depois, fui para o Persija, da capital Jacarta, e em 2000 eu fui campeão indonésio. Já em 2007 iniciei a minha carreira de treinador no Persma Manado e ajudei a levar o clube para a elite do país depois de oito anos na Segundona". Revelou o macaense, que já levou vários atletas conterrâneos para o país asiático, entre eles o zagueiro Vágner e o atacante Jardel, que ainda está na Indonésia.
O Macaé Esporte tem nove jogadores emprestados nos clubes da Segundona Carioca. Para o "rival" Goytacaz foram os laterais Schneider e Bill; o volante Steve; o meia Wallacer e o atacante Anderson. O goleiro Ricardo, o lateral-direito Dos Santos e o zagueiro Rodrigão foram para a Portuguesa. Já o também zagueiro André está no Vasco da Gama.

Vai recomeçar a agonia no Estadual da Segundona

Vai começar a última fase de sofrimento na Segundona, envolvendo o Independente, Céres, Villa Rio e Serrano, que disputarão a partir deste sábado (20), o Quadrangular da Repescagem no Grupo X. Os quatro jogarão entre si, em turno e returno, e ao final, as duas equipes que ficarem nas últimas colocações serão rebaixadas à Terceirona em 2009. O time macaense inicia e termina a luta para não cair, jogando em Macaé.
Na primeira rodada, o Independente recebe o Serrano, no "estádio" Expedicionário, em Macaé. No outro duelo, o Céres recebe o Villa Rio, no estádio João Francisco dos Santos, em Bangu. A equipe macaense está otimista em iniciar este Torneio, conseguindo a primeira vitória no Estadual e os primeiros três pontos na briga para fugir do rebaixamento.
O técnico Jeová Ferreira só não terá a força máxima em campo, devido ao desfalque do goleiro Anderson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Nas demais posições, todos os jogadores estarão à disposição. O Serrano vem à Macaé motivado pela inédita vitória na última rodada.
No Villa Rio, o técnico Manicera recebeu do departamento médico a informação de que poderá contar com as voltas do meia Lucas e do volante Nelson, recuperados de contusão. Além disto, em bom momento, os zagueiros Thiago e Lorran podem ser relacionados e compor a defesa com Fabrício.
Manicera passa tranqüilidade à equipe e aposta no empenho dos atletas nessa fase decisiva de preparação: "Nossos juniores estão mostrando força, e a experiência em uma competição dura como a Segundona conta muito". Avalia o treinador, destacando a importancia dos "reforços" que vieram do Departameno Medico.
Na sequência da Repescagem. A bola vai rolar pela 2ª rodada, na quarta-feira (24), com Serrano x Villa Rio, no Atilio Marotti e Independente x Ceres, no Expedicionário. Fechando o turno, no sábado (27), Ceres x Serrano, no Joel Francisco dos Santos e no domingo (28), Villa Rio x Independente, no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.
O returno começa com o Independente subindo à Serra para enfrentar o Serrano, na quarta-feira (01/10), no Estádio Atílio Marotti. No dia seguinte, o Villa Rio enfrenta o Ceres, no Estádio Luso-Brasileiro. Na 2ª rodada, marcada para domingo (05), o Villa Rio pega o Serrano, no Estádio Luso-Brasileiro e o Independente vai à Bangu duelar contra o Ceres, no Estádio Joel Francisco dos Santos. Na última rodada, quarta-feira (08), o Serrano recebe o Ceres, em Petrópolis e o Independente encara o Villa Rio, em Macaé.

Aroeira derrubou o último invicto em Macaé

O Unidos da Aroeira acabou com a invencibilidade do Cajueiros e de quebra conquistou a vaga nas semifinais do Campeonato Amador Macaense, vencendo de goleada por 4x1, na tarde chuvosa deste domingo (14) no estádio Expedicionário. Com este resultado, o Unidos da Aroeira, assumiu a liderança do Grupo B, com os mesmos 22 pontos do Atlântico do Futuro, (porém levando vantagem no saldo de gols), e ainda eliminou o Selefogo que era o segundo colocado.
Nem o empate servia para o time comandado pelo organizado técnico Alanderson "Latino", que pediu aos seu "atletas" que se concentrassem para este jogo decisivo. Do outro lado, o Cajueiros, até então invicto e classificado com antecedência entrou em campo "relaxado" e foi surpreendido. Na primeira etapa, o Aroeira já vencia por 3x0, com destaque para Venilson, que marcou dois gols e Rodrigo. Na segunda etapa, Junior ampliou o placar e Zeca fez o gol de honra alviverde, deixando a sua marca de artilheiro.
Unidos da Aroeira: Diego; Carlinhos, Maicom, China e Tiganá; Junior, Marcelo Sono, Venilson (Lú) e Elton (Grimário); Paulinho (Dudu) e Rodrigo (Sidnei). Técnico: Latino Cajueiros: Potiguar; Rafael (Marcelo Carapebus), Piedade, Marcelinho e Maicom (Guto); Renato Jacaré, Renan, Piu Piu (Bersot) e Hudson (Tadeu); Zeca e Mauricio. Técnico: Rogério Maciel O árbitro foi Adriano "Guigui", auxiliado por Luis Henrique Vilela e Cidenil Gregório "Xangô".
Na sede Campestre do Cepe-Macae, o Cidade do Sol foi derrotado por 3x1 pelo Quissamã, no Mirim e foi a forra goleando por 4x1, no Pré-Mirim. Materson foi o "craque do jogo", marcando dois gols e Caio fechou o placar. No jogo programado para o estádio Expedicionário, pelo Infantil e Juvenil, o Nova Geração nem sujou o uniforme para derrotar o Caec por Win Out. A equipe casimirense, já classificada, não veio à Macaé.

O Bonsuça foi punido e deveria pegar um gancho

O Rio Branco usou do mesmo artíficio, quando vencia o Floresta por 2x0 e sofreu dois gols. Sentindo que não suportaria a pressão do time de Cambuci, o Róseo Negro também simulou contusões, ficou sem o mínimo de jogadores permitido pela regra e o árbitro suspendeu a partida aos sete minutos do segundo tempo. No Tapetão, o clube campista perdeu apenas um ponto e foi multado em R$ 20 mil reais.
No julgamento do processo 729/08, referente à partida entre Olaria x Bonsucesso, disputada na Rua Bariri, no último dia 3, pela quinta rodada do returno da Segundona, o Bonsucesso foi punido na tarde desta segunda-feira (15), na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Custou caro ao Bonsuça, promover o "cai cai", com o placar marcando 1x1. O duelo foi interrompida aos 52 minutos do segundo tempo, quando a equipe da Rua Bariri tinha um pênalti a ser cobrado. Após a marcação da penalidade, rubro anil simulou contusões de dois jogadores, o que deixou a equipe com seis atletas. Antes, o Bonsucesso já tinha perdido outros três que foram expulsos.
A procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), após analisar a súmula do árbitro Alex Borges Pedro, na qual informa que dirigentes e membros da comissão técnica do Bonsucesso pediram aos jogadores para simular contusões, denunciou doze pessoas do clube e também a própria agremiação esportiva. A 4ª Comissão Disciplinar da FERJ, presidida pelo Dr. José Jaime Santoro, e tendo como auditores Carlos Henrique Mariz e Pedro Berwanger, procuradores, André Valentim e Alessandro Coutinho, e o relator Edilson Gonçalves, decidiu punir o Bonsucesso FC com o pagamento da multa pecuniária mínima, no valor de R$ 10 mil (valor este a ser pago em, no máximo, dez dias) e a perda de três pontos.
Na ocasião, foi exibido um vídeo do lance em que a penalidade foi assinalada pelo árbitro e o campo invadido. Prestaram depoimentos o jogador Jordan (do Olaria, como testemunha do árbitro, que não compareceu), o médico do Bonsucesso, Dr. Efroim Wolf Horovicz, e o quarto árbitro da partida, Estevão Cunha da Trindade.
Os reclamados na súmula foram assim apenados: os jogadores Bruno Máximo Osório (Bruninho) com uma partida, Gilmar Augusto Gomes (Gilmar) duas partidas, Mário César Guimãres da Silva (Mário César) três jogos, William das Graças Silva Junior (William Amendoim) e Alex Ferreira Ventura (Sassá) 120 dias cada um. O médico do clube, Dr. Efroim Wolf Horovicz 320 dias, e o massagista Ronaldo Cascão 280 dias. Foram absolvidos, o diretor de futebol Jaider Moreira, o preparador-físico Franciso Ortiz e o treinador Ademir Fonseca, além do jogador Jefferson. O advogado do Bonsucesso, Pedro Villas Boas, ingressará com recurso.

sábado, 13 de setembro de 2008

Unidos da Aroeira sofreu quatro derrotas num só dia

A bola rolou neste sábado (13), no Expedicionário, pelo Campeonato Macaense nas categorias de base. Pela manhã, o Nova Geração goleou o Unidos da Aroeira por 6x0 no Pré-Mirim e também venceu por 3x0 no Mirim. À tarde, o Unidos da Aroeira voltou a perder desta vez para a Escolinha do Fla-Macaé. No Juvenil o "Urubuzinho" venceu por 3x1, com os gols de Rodrigo "Orelha", Nique e Tiago. No Infantil a vitoria rubro negra foi apertada. Rafael fez 1x0 Fla, Lucas decretou o empate e Kaique fez 2x1 Fla-Macaé, cobrando pênalti.
Com estes resultados, o Nova Geração é lider absoluto no Pré-Mirim, com 22 pontos, abrindo oito de vantagem para o segundo colocado, Fla-Macaé. No Mirim, o Nova Geração chegou aos 16 pontos e assumiu temporariamente a liderança, ultrapassando o Quissamã (15), Cidade do Sol (14) e Atlântico do Futuro (13). No Infantil, O Fla-Macaé soma 14 pontos e encosta nos líderes Nova Geração e Caec, ambos com 16 pontos cada. No Juvenil, o Fla-Macaé chegou aos 14 pontos e pulou à vice liderança, ultrapassando o Caec (12), que joga neste domingo e pode reassumir a posição.
No domingão (14), o balão de couro volta a rolar às 08h30 no Expedicionário para o duelo decisivo, Caec x Nova Geração, nas categorias Infantil e Juvenil. A Liga Macaense de Desportos programou um jogo isolado pela categoria Adulto, também conhecida como "Principal", para depois do almoço. Às 13h30, Unidos da Aroeira x Cajueiros. Só a vitória contra o invicto Cajueiros, classifica o time aroeirense às semifinais. Fechando a jornada futebolística, a partir das 15h30, a Associação Macaense Futebol Escola (AMFE) enfrenta o Olímpico nas categorias Infantil e Juvenil.
Ainda neste domingo pela manhã, o Cidade do Sol recebe o Quissamã, às 08h30, pela categoria Pré-Mirim. Jogando neste sábado (13), pela Copa Regional de Futsal, o CCS derrotou o Gaivota, de São Pedro da Aldeia, em três categorias: goleando por 8x2 no Flaldinha, 1x0 no Pré-Mirim e 3x1 no Mirim.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Um pivô macaense no Sul Americano de Basqute

Um atleta da Liga Macaense, Gabriel Pregioni Massena, de 2,00m, foi relacionado pelo treinador César Guidetti para defender a Seleção Brasileira no Sul-Americano sub-15, a ser disputado entre os dias 17 e 21 na cidade de Guanare, na Venezuela. A convocação do atleta macaense aconteceu na tarde desta quarta-feira (10). O embarque para o país vizinho será às 23h desta quinta-feira (11), na capital carioca.
A seleção brasileira, patrocinada pela Eletrobrás, estréia na segunda rodada contra o Peru (dia 18). Ainda na primeira fase, o Brasil terá como adversários a Argentina (19), Venezuela (20) e Uruguai (21). De acordo com o regulamento, as cinco equipes jogam entre si em turno único, sendo campeã a que somar o maior número de pontos. As três primeiras colocadas se classificam para a Copa América – Pré-Mundial Sub-16, em 2009.
O pivô macaense participou das três fases de treinamento, e agora vai realizar um sonho, sendo um dos dois atletas a representar o basque carioca, defendendo o Brasil. " Eu estou muito feliz pela convocação e estar aqui fazendo parte do grupo da seleção brasileira é um sonho. Quando somos convocados, queremos sempre dar o máximo. O objetivo é ser campeão sul-americano. Se o atleta não almeja ser sempre o melhor, não chega a lugar algum", ensina Gabriel.
Com a proximidade da viagem, os treinos em tempo integral na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, estão cada vez mais intensos. A saudade da família e as faltas na escola também pesam, mas Gabriel não desanima. Quer continuar fazendo por muitos anos o que mais ama na vida: jogar basquete. E conta que, além da experiência, as viagens ao Rio de Janeiro lhe renderam também reconhecimento em Macaé, cidade que já tem mais um motivo para se orgulhar.
Gabriel já é um ídolo, e tem uma Torcida Especial. "Muita gente em Macaé me conhece e sabe que estou na seleção brasileira. Fizeram uma festa em minha homenagem na escola, como despedida e também para desejar boa sorte no campeonato. Foi uma grande motivação. Aqui também recebo muitos recados com incentivos. É gratificante saber que, além do apoio da família, posso contar também com amigos e professores". Vibra o garoto.
Ao falar sobre os ídolos no esporte, o pivô, de 15 anos, tem um nome de craque na ponta da língua: Michael Jordan. O astro do Chicago Bulls se aposentou pouco depois do ano em que Gabriel nasceu, mas, para o jovem atleta, a admiração independe da idade. "A maioria dos jogadores de basquete admira o Michael Jordan. Acho que ele foi o atleta mais completo da história do esporte. Nunca o vi jogar ao vivo, mas procuro vídeos na internet para assistir às jogadas sensacionais que ele fazia". Disse Gabriel, que vestirá a camisa, que já foi de um dos maiores ídolos do basquete brasileiro, Oscar Daniel Bezerra Schmidt.
Todos os concovados: 4. Arthur de Souza – Pivô – 13 anos – 2,01m – Flamengo (RJ); 5. Nikolas Petruk – Armador – 14 anos – 1,88m – Paulistano (SP); 6. Gustavo de Paula – Armador – 15 anos – 1,88m – Palmeiras (SP); 7. Luis Henrique Santos – Pivô – 14 anos – 1,94m – Paulistano (SP); 8. Rodrigo Compri – Armador – 15 anos – 1,80m – Cerâmica Clube (SP); 9. André Tatar – Pivô – 14 anos – 1,94m – Hebraica (SP); 10. Henrique Coelho – Armador – 15 anos – 1,82m – Sesi/Uberlândia (MG); 11. Eduardo Minuci – Ala/Pivô – 14 anos – 1,91m – Franca Basquete (SP); 12. Giovanni Gonçalves – Ala – 14 anos – 1,96m – Pinheiros (SP); 13. Lucas Muçouçah – Ala/Pivô – 14 anos – 1,95m – Círculo Militar (SP), 14. Gabriel Massena – Pivô – 15 anos – 2,00m – Liga Macaense (RJ) e 15. Murilo Veloso – Ala – 15 anos – 1,91m – Inter Santos (SP).

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Pior time da Segundona perde em Macaé

Apenas cumprindo tabela, e já pensando no Quadrangular da Repescagem, para tentar se manter na Segundona de 2009, o Independente encerrou a primeira fase sem nenhuma vitória, ficando na lanterna do Grupo A e com o título de pior time. Na tarde desta quarta-feira (10), foi derrotado por 3x1 pelo Rio Branco, jogando de portões fechados no Expedicionário. Nos outros dois jogos deste Grupo, o Itaperuna empatou em 1x1 com o Aperibeense e o Floresta foi derrotado por 2x0 pelo Goytacaz..
Poupando alguns de atletas considerados titulares, pendurados pelo segundo cartão amarelo. O Independente entrou em campo disposto a terminar esta fase com um resultado honroso, sonhando inclusive com a primeira vitória neste Estadual. Perdeu um grande chance de abrir o placar logo no início, nos pés do atacante Léo Félix, que recebeu livre mas chutou a bola para fora.
Por ironia do destino, o atacante Edinho (ex-Independente) tiro o primeiro zero do placar a o marcar um lindo gol. O time macaense não desanimou e conseguiu empatar ainda na primeira etapa com um gol contra do meia Luciano Neter. Mas antes do intervalo, outra coincidência, Vandinho (que o apelido do homem forte do Independente) recolocou o Róseo Negro na frente, marcando um golaço em cobrança de falta.
Durante o intervalo, o auxilixiar técnico Gilcinei deu uma bronca na rapaziada, pedindo atitude e o time voltou para a etapa derradeira com o goleiro Anderson Macaé sendo substiuído pelo garoto Felipe. Mas foi o time campista que assustou primeiro tentando inibir a reação do esforçado time macaense. A bola beijou o travessão.
O Independente insistiu na busca pelo gol de empate, principalmente após as entradas dos atacantes Pardal e Tiago Bala. Mas o Rio Branco se defendia, administrava o resultado e explorava os contra-ataques. E foi em uma dessas jogadas que o time campista ampliou o placar. Edinho foi derrubado proximo a linha lateral da grande área e na cobrança da falta, o zagueiro Douglas desviou para o fundo do barbante.
Independente: Anderson Macaé; Diego, Pablo, Alerrandro e Arilson; Igor, Léo Félix (Pardal), Dudu e Gil; Cristiano (Tiago Bala) e Italo. Técnico: Jeová Ferreira Rio Branco: Braz; Douglas, Diogo (Messias) Carlos Arthur; Ronildo, Luciano Neter, Vandinho, Léleo (Julio Cesar) e Edson Jr; Edinho e Leandro Balde (Marcelo). Técnico: Cipriano Alexandre. O árbitro foi Bruno Ferreira Mitidiere Cortez, auxiliado por Marcos Antônio Bastos Júnior e Luiz Antônio Muniz de Oliveira, nas bandeiras.
Ainda nesta quarta-feira, pelo Grupo B, Nova Iguaçu 1x1 Estácio de Sá, Angra dos Reis 2x3 Miguel Couto e Bangu 1x1 Sendas. Pelo C, Portuguesa 1x1 Bonsucesso, Villa Rio 2x0 Bréscia e Olaria 3x1 CFZ do Rio. Pelo D, Guanabara 2x3 Silva Jardim, Serrano 2x0 Teresópolis e Profute 1x1 Tigres do Brasil.
Classificação Final - Grupo A : 1º Goytacaz, 21 pts; 2º Aperibeense, 20 pontos; 3º Rio Branco, 15; 4º Floresta, 12; 5º Itaperuna, 9 e 6º Independente, 3. Grupo B : 1º Bangu, 26 pts; 2º Sendas, 18; 3º Angra dos Reis, 17; 4º Nova Iguaçu, 14 (saldo: 1); 5º Estácio de Sá, 14 (saldo: -1); 6º Miguel Couto, 13 e 7º Céres, 8. Grupo C : 1º CFZ do Rio, 21 pts; 2º Portuguesa, 19; 3º Olaria, 19; 4º Bréscia, 17; 5º São Cristovão, 14; 6º Bonsucesso, 14 e 7º Villa Rio, 11. Grupo D : 1º Tigres do Brasil, 23 pts; 2º Teresópolis, 18; 3º Silva Jardim, 16; 4º Guanabara, 11; 5º Profute, 10 e 6º Serrano, 5 pts.
Na sequência da Segundona, os quatro primeiros de cada Grupo disputarão a segunda fase, distribuídos em quatro Grupos com turno e returno, avançando os dois primeiros colocados de cada Grupo. Os quatro últimos de cada Grupo, disputarão um Quadrangular jogando todos entre si em turno e returno, e ao final, os dois últimos colocados serão rebaixados à Terceirona de 2009.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Melhor Circuito Municipal de Bodyboarding é o de Macaé

Essa é a opinião dos atletas que participam das competiçõe realizadas nas Praias de Macaé. No último final de semana aconteceu o Circuito Macaense de Bodyboarding na Praia dos Cavaleiros, uma das melhores para a pratica desta modalidade, com mais de 70 atletas de todo estado do Rio de Janeiro e Espírito Santo. O Circuito Macaense, chegou ao seu 9º ano consecutivo e conquistou o título simbólico de melhor campeonato municipal do Brasil.
Devido à excelente estrutura física que é normalmente montada na praia, o quadro técnico profissional com supervisão da Federação Estadual e Confederação Brasileira de Bodyboard, o sistema de julgamento informatizado e a excelente premiação, que nesta etapa ofereceu mais de 5 mil reais em produtos para os primeiros colocados.
As ondas estavam com ótimo tamanho, e apesar de algumas boas esquerdas, o evento foi predominado por ondas para direita que quebravam com melhor perfeição e rampas, proporcionando manobras radicais que levantaram o público presente, que inclusive participou ativamente das brincadeiras promovidas pelo evento, oferecidos pela Só Moto Center, Jonatahn Tatoo e Herba Life.
A categoria iniciante masculino superou as expectativas dos organizadores e contou com um número recorde de inscritos, devido principalmente ao sucesso das escolinhas gratuitas realizadas nos principais pólos da região, Rio das Ostras e Macaé, que juntas formam mais de 300 praticantes todos os anos. A final mostrou exatamente os frutos deste investimento com um duelo dominado pelos atletas rio-ostrenses e macaenses.
Quem venceu na inicniate foi o macaense Guilherme Soares, faturando uma prancha da Atol surf shop, além de roupas da backdoor e acessórios. Em segundo lugar ficou o rio-ostrense Bruno Araujo, que também levou prancha para casa, camisas de lycra e bermudas da marca Freeride. Na terceira colocação ficou Gabriel Lazaro, também de Macaé e em quarto lugar Leonardo Ferreira de Rio das Ostras.
A categoria mirim foi marcada por um duelo entre macaenses e cariocas. Os macaenses chegaram à final com dois atletas da categoria iniciante, enquanto o Rio de Janeiro tinha além de João Ricardo, o favorito Paulo Mauricio, atual líder do Circuito Estadual.
Mas o esporte pregou mais uma surpresa. Lucas Fittaroni, atleta revelação em 2008, mostrou que continua evoluindo e marcou a melhor nota da bateria, um 7,83 que lhe deu a vitória. Em segundo lugar ficou Guilherme Soares, também de Macaé, ambos já classificados para a 4ª Etapa do Circuito Brasileiro, confirmado para Macaé entre os dias 26 e 28 de setembro. Em terceiro lugar ficou o carioca João Ricardo e na 4ª colocação Paulo Mauricio, atual líder do estadual 2008.
Entre as meninas, Macaé tinha na final a supremacia em número de atletas, três contra um. Mas a chance de conquistar uma das vagas para o brasileiro inspirou a atleta de Barra de São João, Talita Oliveira. A única atleta “estrangeira” da bateria não deu chances às macaenses e foi à única atleta a superar os 50% de aproveitamento, marcando 11,83 pontos dos 20 possíveis. Em segundo lugar ficou Tatiana Rodrigues, precisando de 6,84 para vencer. Carol Rodrigues ficou na 3ª colocação e a mais nova bodyboarder da cidade, Juliana Garcia, da Escola Municipal / AMB de Bodyboarding completou o pódio na 4ª colocação.
A novidade do evento foi a realização da categoria dupla, onde um atleta experiente deveria formar dupla com um atleta iniciante, visando equilibrar as disputas, promover a união entre os competidores e dar mais experiência de competição aos iniciantes que seguiram a risca a tática passada pelo seu companheiro mais experiente.
A categoria contou com a participação dos atletas profissionais, Daniel Motta (RJ), Erisberto Abrantes (ES), e da macaense Jéssica Becker, recém chegada da Europa onde conquistou brilhantes resultados e hoje é 7ª melhor atleta profissional do mundo. Após marcações acirradas, manobras ultra-radicais e a superação de atletas iniciantes que surfaram tão bem quanto os mais experientes, quem venceu foi a dupla formada pelo atleta capixaba Erisberto Abrantes e Lucas Fitaroni. Beto, como é conhecido, fez a melhor nota do campeonato com um aério alucinante e Lucas Fitaroni conseguiu uma boa onda, contribuindo e muito para a vitória de sua equipe.
Em segundo ficou a dupla formada pela macaense Jéssica Becker e pelo niteroiense João Luiz, atual líder do estadual em sua categoria. Na principal categoria do evento, a amador masculino, o atual campeão estadual, o rio-ostrense Israel Eduardo venceu do inicio ao fim. Israel começou a bateria com duas notas regulares, um 5,0 e um 6,67, e quando os adversários ameaçaram sua vitória, Israel ainda tirou da cartola uma excelente nota, um 8,67 que lhe assegurou na primeira colocação faturando a vaga para o brasileiro de Macaé, prancha, pé-de-pato, camisa de lycra, roupas oferecidas pela backdoor, bac bodyboard shop e free ride além de suplemnetos alimentares oferecidos pela Herba Life, mais nova parceira da AMB.
Em segundo lugar, faturando também uma vaga para o brasileiro, ficou o macaense Werneck Almeida, que achou boas ondas para direita e com o resultado assumiu a liderança isolada do Circuito Macaense 2008. Em terceiro lugar ficou o macaense André Andrade, provando porque é o mais novo atleta top do bodyboarding macaense e na quarta colocação o campista Dênis Correa, representando muito bem o norte fluminense nesta grande final.

Exemplo de Solidariedade
Durante uma das semifinais da categoria mirim, o atleta macaense Lucas Fitaroni, revelação de 2008, deu um exemplo de dignidade, companheirismo e solidariedade. Faltando pouco mais de um minuto para o término da bateria que liderava, Lucas abandonou a competição para prestar o primeiro socorro a dois banhistas que se afogavam dentro da área de competição do evento. Lucas emprestou a prancha para que os dois banhistas segurassem e os tirou de dentro da vala, até que o atleta Joe Rodrigues e Fellipe Santiago entraram no mar para completar o resgate e tirar os banhistas da água.

O evento contou com o patrocínio da Prefeitura de Macaé, através da FESPORTE e apoio das marcas Backdoor e Freeride, das lojas Bac Bodyboard Shop e Atol surf shop, da Quality sinalização computadorizada, da Só Moto Center, do Jonathan Tatoo, Herba Life, www.surfvibe.com.br e da Meeting Empreendimentos Esportivos. A próxima etapa do Circuito Macaense de Bodyboarding está marcada para os dias 29 e 30 de novembro na praia do Pecado. Antes disso, nos dias 26, 27 e 28 de setembro será realizado também na Praia do Pecado a 4ª Etapa do Circuito Brasileiro de Bodyboarding com mais de 15 mil reais em prêmios e a participação dos maiores ídolos do bodyboarding brasileiro e mundial. “Buscamos fazer o melhor, mas sabemos que ainda há algo a melhorar.” Comentou Malik Lazaro, presidente da AMB, que aproveitou para anunciar que no Circuito Macaense de 2009 serão incluídas as categorias Profissional, Máster e Drop Knee.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Independente faz "treino de luxo" contra o Rio Branco

Ninguém mais acredita numa possível punição ao Itaperuna, que livraria o Independente do fantasma do rebaixamento. O time macaense volta a campo nesta quarta-feira (10), recebendo o Rio Branco, pela última rodada da primeira fase no Estadual da Segundona apenas para cumprir tabela. Tanto que o técnico Jeová Ferreira poupará o volante Luciano e o meia Rodolfo, ambos pendurados com dois cartões amarelos. Além desses, o zagueiro Paulo Henrique, e os atacantes Tiago e Eduardo, estão contundidos e desfalcarão o time macaense.
A única novidade deverá ser o retorno do capitão Ernandes, para ganhar ritmo de jogo, visando o Quadrangular da Repescagem. Uma vitória neste momento pode aumentar a motivação dos atletas, na luta direta contra o Ceres, Vila Rio e Serrano, para sobreviver na Segundona em 2009.
Sem mais o que treinar, Ferreira aproveitou para conversar com seus garotos e curiosamente citou o exemplo de um rival do Róseo Negro campista. “Tenho conversado muito com o grupo e é hora de fazer de tudo para salvar o clube dessa situação. Dei o exemplo do Goytacaz que perdeu o clássico para o Rio Branco, a torcida reagiu, cobrou e o time foi lá e meteu quatro gols no Itaperuna jogando uma grande partida. Reagiram de forma espetacular, é isso que eu quero no meu time, que reaja diante das situações adversas”. Mas o Independente não terá o apoio da torcida, o duelo será com os portões fechados.
No Rio Branco, a intenção do técnico Cipriano Alexandre, era escalar um time misto. Mas depois do julgamento realizado no TJD da FERJ, na última segunda-feira (8), a estratégia foi desfeita. Apesar de enfrentar o lanterna da competição, e que ainda não venceu, Cipriano não quis arriscar. O Rio Branco precisa do empate, para não perder a vaga, caso o Itaperuna derrote o invicto Aperibeense.
Perder só um ponto, depois daquela "armação" quando empatava em 2x2 contra o Floresta, não é punição exemplar. Na verdade é um incentivo para que outros clubes utilizem o mesmo artifício, apostando na impunidade, tirando a credibilidade do futebol carioca. O clube campista caiu para a quarta colocação no Grupo A, ficando com 11 pontos, porém numa situação confortável, ainda com três pontos a mais que o quinto colocado Itaperuna.
O clube foi punido a pagar uma multa de R$ 20.000,00 e prometeu recorrer. E se tiver que pagar será em suaves prestações. O atacante Arthur, foi suspenso por dois jogos em consequência pela expulsão contra o Floresta, e cumprirá a a segunda partida neste jogo contra o Independente. O zagueiro Rodolpho César, suspenso pelo terceiro amarelo, também é desfalque e será substituído pelo Douglas.
Independente: Anderson Macaé; Diego, Pablo, Ernandes e Arilson; Igor, Dudu, Léo e Gil; Cristiano e Ítalo. Técnico: Jeová Ferreira. Rio Branco: Braz; Diogo, Douglas e Carlos Arthur; Ronildo, Luciano Netter, Vandinho, Édson Júnior e Leléo; Edinho e Leandro Balde. Técnico: Cipriano Alexandre. O árbitro será Bruno Ferreira Mitidiere Cortez, auxiliado por Marcos Antônio Bastos Júnior e Luiz Antônio Muniz de Oliveira, nas bandeiras.