Radio Web InformaSom

sábado, 31 de maio de 2008

Macaé Esporte dá adeus a Copa Rio


O Macaé Esporte subiu a Serra com esperanças de vencer e ainda brigar pela vaga na final da Copa Rio, mas na tarde deste sábado (31) foi derrotado por 1x0 pelo Friburguense, dando adeus à competição. No outro jogo deste Grupo K, nenhuma surpresa, o Americano foi derrotado por 3x0 pelo Madureira, no Aniceto Moscoso. A definição acontece na próxima quarta-feira, com o Americano precisando derrotar o lanterna Macaé Esporte, em Campos; e o Madureira recebendo o Friburguense, de novo no Aniceto Moscoso.

Nos jogos do outro Grupo, o Quissamã sofreu para arrancar o empate em 1x1 contra o Nova Iguaçu, em Edson Passos, tendo que superar a chuva, o placar adverso e o trio de arbitragem. O time treinado pelo Paulo Henrique, terminou o jogo com oito guerreiros em campo. O árbitro Luis Antonio Silva Santos expulsou os zagueiros Edson e Douglas, e o lateral Vinicios. Segundo o preparador de goleiros, Edivaldo Pelezinho, para deixar o Estádio Giulite Coutinho a delegação do Quissamã foi escoltada pela Polícia Militar.

Com este empate, o Quissamã segue firme rumo a final da Copa Rio com 13 pontos, seguido pelo próprio Nova Iguaçu com 10 e os já eliminados Duque de Caxias (4) e Volta Redonda (1), que nesta penúltima rodada ficaram no empate em 1x1, no Marrentão. Na próxima quarta-feira, o Quissamã vai à Xerem precisando apenas empatar com o Duque de Caxias para assegurar a vaga na decisão da Copa, sem depender de qualquer resultado no duelo Volta Redonda x Nova Iguaçu, na Cidade do Aço.

Macaé não vence nas categorias de base

Jogando na tarde deste sábado (31) no Moacyrzão, o Macaé Esporte empatou em 2x2 com o Rio Branco pelo Campeonato Estadual Juvenil. O Róseo-Negro fez 2x0, com Walker e Alexandre, mas permitiu a reação do time comandado pelo Ganjão, que conseguiu empatar com os gols de Douglas e Mateus (contra). No Infantil, o Macaé perdeu por 1x0, gol marcado pelo atacante Renan, num "frangaço" do goleiro Luis Felipe, deixando a bola passar por entre as suas pernas.

O Infantil do Macaé perdeu com: Luis Felipe; Dalton, Deyverson, João Luis e Marcelo; Igor (Carlos Vitor), Pedro Henrique (Douglas Ramos), Marlon e Renato; Douglas Henrique e Antenor (Ricardo). Técnico: Julio Cesar O Ri Branco venceu com: Vitor; Sergipe, Lucas, Nelinho e Betinho; Rodrigo, Roma (Wedson), Felipe (Ricardo) e Léo; Marcelinho (Elson) e Renato (Ronalto). Técnico: Pintinho

sexta-feira, 30 de maio de 2008

Macaé vai ter que superar o frio e o Frizão

O Macaé Esporte embarcou com destino a Nova Friburgo na tarde desta sexta-feira (30), na expectativa de vencer o Friburguense e ainda brigar pela vaga na decisão da Copa Rio, na última rodada. Além de ter a obrigação de vencer o Frizão, será preciso que o Americano seja derrotado pelo Madureira.
Neste caso o Macaé jogaria na última rodada contra o prórprio Americano, precisando vencer e ainda torcer por um empate ou derrota do Madureira no duelo contra o Friburguense. Na classificação, o Macaé segura a lanterna, somando quatro pontos; Friburguense tem seis; Madureira, quatro e o Americano é o líder com nove pontos ganhos. Nada está definido e apenas o primeiro colocado avança a fase final. O técnico Dário sabe da dificuldade porém está confiante e, para relaxar, comandou um treino de dois toques na manhã desta sexta-feira no Moacyrzão, tendo como novidades, o lateral Schneider e o volante Índio dando uma de goleiros. Lugão e Ricardo, enganaram na linha.
Para este primeiro desafio, neste sábado (31), às 15h, no Estádio Eduardo Guinle, o técnico Dário Lourenço ganhou três reforços: o zagueiro Andre e o lateral Bill, que já cumpriram suspensão automática pelo cartão vermelho e, o zagueiro Walace, recuperado de uma torção no tornozelo esquerdo. Mas a tendência é que Walace fique no banco de suplentes e Rodrigão seja mantido na zaga titular, devido a boa atuação e principalmente pelo gol salvador no empate em 3x3 com o Madureira.
Friburguense: Léo; Éverton, Cadão, Tiago Messias e Leandrinho; Sérgio Gomes, Leomir, Cassiano e Carlos Alberto; Julio Cezar e Ziquinha. Técnico: Cleimar Rocha. Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Rodrigão e Bill; Índio, Léo Gonçalves, André Gomes e Zada; Jones e Léo Guerra. Técnico: Dário Lourenço. O árbitro será Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Raimundo Araújo dos Santos e José Ronaldo Braga.
Ainda neste sábado, pelo Grupo J, em Edson Passos, 15h, Nova Iguaçu x Quissamã e no Raulino de Oliveira, Volta Redonda x Duque de Caxias. Na briga pela artilharia, Bruno Reis e Ricardo (ambos do Quissamã), com 10 gols, estão coladinhos no Assumpção (Olaria), que é o artilheiro com 13 gols. Outro Quissamaense na briga é o atacante Fabrício, com oito gols. Jones (Macaé Esporte), que está na disputa a partir da terceira fase, tem apenas cinco gols. Classificação Grupo J: 1º Quissamã, 12 pts; 2º Nova Iguaçu, 9 pts; 3º Duque de Caxias, 3 pts e 4º Volta Redonda, 0 pt. Grupo K : 1º Americano, 9 pts; 2º Friburguense, 6 pts; 3º Madureira, 4 pts (saldo -1) e 4º Macaé, 4 pts (saldo -2).
video

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Quissamã a um passo do paraíso na Copa Rio


Se depender do apito, o Macaé Esporte, que já foi inúmeras vezes prejudicado pelos árbitros cariocas, pode começar a sonhar com a compensação nesta fase delicada da Copa Rio e até conquistar a vaga na final. O líder Americano vai enfrentar o Madureira, com Alex Borges no apito, e dificilmente vencerá. Se o Macaé derrotar o Friburguense e o Americano perder, a definição será na última rodada em Campos, com o Macaé precisando vencer o alvinegro campista e torcer pelo empate no confronto Friburguense x Madureira.

Segundo um dirigente do Macaé, "o árbitro (Edilson Soares) estava engavetado para beneficiar o Madureira e em Campos ajudariam o Macaé a derrotar o Americano". Quase deu certo, esqueceram de combinar com o zagueiro Rodrigão que fez o gol de empate nos acréscimos. Em Nova Friburgo, o árbitro será Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Raimundo Araújo dos Santos e Jose Ronaldo Braga.

A penúltima rodada desta quarta fase da Copa Rio de Profissionais será neste sábado (31), com bola rolando às 15h. Pelo Grupo J, no estádio Raulino de Oliveira, o Volta Redonda cumpre tabela contra o Duque de Caxias, no duelo dos eliminados. No estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos, o Quissamã joga por uma vitória simples contra o Nova Iguaçu para garantir a vaga na decisão do título. Luis Antonio Silva Santos "Indio", será o árbitro. Até um empate serve, desde que o time do Quissamã não perca na última rodada para o Duque, no Marrentão, pois certamente o Nova Iguaçu vencerá o Voltaço. Ou seja, ao Quissamã, basta empatar nos dois jogos na Baixada Fluminense.

No Grupo K o Macaé Esporte sobe a Serra e medirá forças com o Friburguense no Eduardo Guinle, em Nova Friburgo, ambos precisando vencer. O técnico Dário poderá contar com o zagueiro André e o lateral Bill, ambos cumpriram suapensão automática no empate contra o Madureira em 3x3. Já o Madureira recebe o Americano no Aniceto Moscoso e para continuar com chances de classificação, precisa derrotar o líder.

No Grupo J, Quissamã é o líder invicto nesta fase, com 12 pontos; em 2º Nova Iguaçu, 9; 3º Duque de Caxias, 3 e e na lanterna o Volta Redonda, zero. No Grupo K, Americano lidera com 9 pontos; em 2º Friburguense, 6; 3º Madureira, 4 (saldo: -1) e em 4º Macaé Esporte, 4 (saldo: -2). Na briga pela artilharia, Assumpção (Olaria) tem 13 gols; seguido pelo Quissamaenses Bruno Reis e Ricardo, com 10 cada; Luis Cláudio (Aperibeense) e Fabrício (Quissamã), 8 e Jones (Macaé Esporte), 5 gols.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Macaé tropeça no ensolarado Moacyrzão


O torcedor macaense está desmotivado e não foi em grande numero ao Moacyrzão na tarde desta quarta-feira (28), apoiar o Macaé no duelo decisivo contra o Madureira. Os que ainda acreditavam na reabilitação do time, com a chegado do novo técnico, chegaram a vibrar nos minutos iniciais quando o Macaé fez 2x0 jogando fácil. Mas na segunda etapa, o Maduerira resolveu reagir e virou o placar, fazendo 3x2. O suficiente para que muitos torcedores fossem embora, sem ver o gol de empate nos acréscimos, com o zagueiro Rodrigão usando a cabeça para deixar tugo igual e manter o Macaé agonizando na Copa Rio.

No outro jogo deste Grupo K, o Americano derrotou o Friburguense por 2x1 e assumiu a liderança isolada, com nove pontos, dando um grande passo rumo à final. Com a derrota, o Friburguense continua vivo, porém com três pontos a menos. Macaé Esporte e Madureira, chegam aos quatro pontos e ficam distantes cinco pontos do líder Americano, acreditando nas próprias pernas e nas combinações de resultados para conseguir o milagre da classificação.

No próximo sábado, o Madureira recebe o Americano no Aniceto Moscoso e o Macaé vai a Nova friburgo enfrentar o Friburguense. A briga pela única vaga na ultima fase está entre Americano e Friburguense, porém os otimistas em Macaé ainda acreditam. Basta o Macaé vencer em Friburgo e o Americano perder para o Madureira e, na última rodada, o Macaé derrotar o Americano em Campos e o Madureira empar com o Friburguense. Isso acontecendo, o Macaé terminaria em 1º com 10 pontos; Americano, 9; Madureira, 8 e Friburguense, 7pontos.

Macaé Esporte: Lugão; Dos Santos, Rodrigão, Otávio e Schneider; Índio, Léo Gonçalves, André Gomes (Norton) e Zada (Steve); Jones (Anderson) e Léo Guerra. Técnico: Dário Lourenço. Madureira: Renan; Edson, Luiz Cláudio, Jordan e Paulo Roberto; Jonathan (Neto), André Paulino (Paulo Vitor), Bruno e Victor Hugo; Nino e Luciano. Técnico: Carlos Tozzi. O árbitro foi Edílson Soares da Silva, auxiliado por Marcelo Corrêa de Lima e Cláudio Batista de Ribeiro.

Pelo outro Grupo, o Quissamã derrotou o Volta Redonda por 1x0, gol de Bruno Reis, e carimbou o passaporte a caminho da quarta fase, decidindo o título da Copa Rio. Basta apenas empatar com o Nova Iguaçu no próximo sábado, na Baixada Fluminense, para assegurar uma vaga na Copa do Brasil ou na Série C do Brasileirão de 2009, com uma rodada de antecedência.

No outro jogo, o Nova Iguaçu conseguiu adiar a classificação do escrete Quissamaense, ao derrotar o Duque de Caxias por 1x0, gol de Warlei, dentro do estádio Marrentão. O Quissamã é o líder, com 12 pontos; em 2º Nova Iguaçu, 9; em 3º Duque de Caxias, 3 e na lanterna, Volta Redonda, zero. O Quissamã venceu com: Anderson Macaé; Fred (Romero), Douglas, Folete e Vinicios; Douglas Silva, Cleiton, Bruno Reis e Tiaguinho (Maranhão); Fabricio e Ricardo. Técnico: Paulo Henrique.

terça-feira, 27 de maio de 2008

Liga Futsal

Malwee e Petrópolis ficam no empate em partida de alto nível técnico

No duelo entre duas equipes que brigam pela primeira colocação da Liga Futsal, a Malwee Futsal empatou em 3 x 3 com o Poker/Petrópolis/Ikinha, na noite desta segunda-feira (26), jogando na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul. O time de Falcão abriu 2x0, gols de Leco e William, mas o time comandado pelo técnico Malafaia reagiu e virou o placar fazendo 3x2, gols do goleiro Gui, Andrey e Pelé. E nos minutos finais a Malwee conseguiu empatar, Humberto decretou 3x3 no placar.

Unisul também empatou com o Horizontina

Querendo a vitória para subir na classificação, a Unisul/Seguridade/Penalty foi a Catuípe (RS) enfrentar o Horizontina Futsal e encontrou muitas dificuldades pela frente, conseguindo apenas o empate em 1 x 1, contra um adversário já desclassificado da Liga Futsal. O confronto ocorreu na noite desta segunda-feira (26), no Ginásio de Esportes de Catuípe.

Joinville goleia a V&M Minas e já é oitavo na classificação

Sem tomar conhecimento do adversário, o Joinville/Krona/DalPonte goleou a V&M Minas por 7 x 1, na noite desta segunda-feira (26), pela Liga Futsal, no Ginásio do Sesi, em Joinville (SC). Ambos classificados para a próxima fase da Liga Futsal, estava em jogo uma melhor colocação, já pensando na divisão dos grupos na segunda etapa da competição.

Malwee recebe o SPFC/PraiaClubeUberlândia em Jaraguá

Motivado e confiante, o elenco do SPFC/PraiaClubeUberlândia (MG) já está em Jaraguá do Sul (SC), onde nesta terça-feira (27), terá como adversário a Malwee Futsal. A bola pesada rola às 20h15 na Arena Jaraguá. Classificada por antecipação à segunda fase da Liga Futsal 2008, a agremiação catarinense luta pela primeira posição na tabela.

Bolão da Liga: Estado catarinense fatura mais uma semana

A disputa da 13° semana do Bolão da Liga foi acirrada. O catarinense Helvio Demarchi e o gaúcho Jáder Gazzoni duelaram ponto a ponto e obtiveram o mesmo resultado, 96 pontos. De acordo com o regulamento do Bolão da Liga e seu critério de desempate, vence o apostador que: 1) Acertar o maior número de placares exatos na semana. Ao todo, o catarinense acertou quatro resultados, um a mais que Jáder Gazzoni, e faturou a premiação.

Para mais informações acesse: www.ligafutsal.com.br

Macaé precisa da Torcida contra o Madureira


O Macaé Esporte volta a campo nesta quarta-feira (28), às 15h, em busca de mais três pontos na Copa Rio, jogando contra o Madureira. Para este duelo no Moacyrzão, o técnico Dário Lourenço fará quatro mudanças em relação ao time que derrotou o Americano por 1x0. O zagueiro André e o lateral Bill, cumprem suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo; o zagueiro Walace ainda sente dores no tornozelo esquerdo e o volante Steve foi barrado.

A nova dupla de zagueiros será formada por Rodrigão e Otávio; na lateral, Dos Santos entra na direita e "Schina" será deslocado para a esquerda; o Zada será recuado para o meio de campo e o atacante Léo Guerra terá outra chance de estrear jogando com Jones Fortaleza no ataque. Com essas alterações, o técnico Dário acredita que pode conseguir um resultado positivo contra o Tricolor Suburbano.

Nesta terça-feira (27), pela manhã no Moacyrzão, Dário treinou exautivamente o posicionamento dos zagueiros e ensaiou algumas jogadas, nas cobranças de faltas e escanteios, simulando situaçõe de jogo que poderão ser colocadas em prática no jogo da forra contra o Madura.

Depois da derrota para o Friburguense por 2x1, os jogadores do Madureira curtiram folga no domingo e se reapresentaram no início da tarde desta segunda-feira (26) no estádio Aniceto Moscoso. Os jogadores que atuaram em Nova Friburgo, fizeram um trabalho à parte na academia do clube, enquanto os reservas disputaram um jogo-treino contra o Villa Rio, da Segundona. O técnico Carlos Tozzi fez muitas alterações e amistoso terminou empatado sem a rede balançar.

Quanto ao time que vem a Macae, disposto a manter uma invecibilidade de três jogos neste confronto, Tozzi ainda tem dúvida e só divulgar a escalação momentos antes de a bola rolar. Ele que já foi o "espião" do Macaé em outras temporadas, agora faz mistério.

No jogo passado, foram barrados o lateral Maciel e o meia Zidane, entrando Paulo Roberto na lateral e Michel, que durante o jogo acabaram sendo substituídos por Obina e João Neto. O Madureira perdeu e agora surge a duvida, promover o retorno dos antigos titulares ou insistir com as mudanças.

Confirmado mesmo está o trio de arbitragem, com Edilson Soares da Silva no apito, auxiliado por Marcelo Correa de Lima e Claudio Batista Ribeiro. O 4º árbitro será Andre Luiz da Silva Soares e o observador será Raimndo Luiz Rodrigues.

Provável time do Macaé: Lugão; Dos Santos, Otávio, Rodrigão e Schineider; Léo Gonçalves, Índio, Andre Gomes e Zada; Léo Guerra e Jones. Já o Maureira, com: Renan; Edson, Luís Cláudio, Jordan e Maciel; André Paulino, Bruno, Zidane e Victor Hugo; Luciano e Nino. A Rádio AM 820 transmite ao vivo, com narração de Eraldo Manhãs e reportagens de Roberto Marcelino e Mauricio Naifeld. Confira na internet acessando www.radio820.com.br e torça pelo Macaé.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Quissamã rumo a Copa do Brasil 2009

Imaginem um time da Terceira Divisão do futebol carioca, disputando a Copa do Brasil em 2009. Pelos resultados na fase semifinal da Copa Rio, o Quissamã, que entrou na competição com o objetivo de treinar o time visando a Terceirona Carioca, desponta como um dos prováveis finalistas, deixando a Cabofriense, Boavista, Olaria, Campo Grande e Volta Redonda, entre outros da Segunda e Primeira Divisão do Rio, pelo caminho.

O desafio desta quarta-feira (28) será derrotar o Volta Redonda, jogando com o apoio da Torcida Familia no Carneirão, em Quissamã. O Voltaço é o lanterna e está praticamente eliminado. Teoricamente este será o jogo mais fácil, porém será preciso manter a garra, concentração e buscar os gols. Invicto nesta fase, com três vitórias, o time treinado pelo Paulo Henrique, só não será finalista se tropeçar nas próprias pernas. O árbitro será Pathrice Wallace Correia Lima, auxiliado por Marcelo Braz Marian e Lennart da Silva Novaes Neto.

Restam só três jogos para o Quissamã ganhar projeção nacional e representar o futebol carioca na Copa do Brasil ou na Série C do Brasileirão. A contagem regressiva começa contra o Volta Redonda em casa, e depois na Baixada Fluminense contra o Nova Iguaçu e o Duque de Caxias. Nesta quarta, Caxias e Nova Iguaçu se confrontam no Marrentão. Se houver empate ou vitória caxiense e o Quissamã derrotar o Voltaço, o Azulão precisará de apenas uma vitória ou dois empates para ser finalista da Copa Rio.

O Quissamã tem nove pontos, em três jogos, e se repetir o placar do jogo em Volta Redonda, voltando a derrotar o Voltaço, a exemplo do que fez com o Boavista, vai poder encomendar as faixas. Focado na competição, o time se reapresentou nesta segunda-feira (26) e depois do treino tático-recreativo nesta terça (27) segue para a concentração na Pensão do Mano. Paulo Henrique deve manter o time com: Anderson Macaé; Fred, Douglas, Folete e Vinicios; Cleiton, Douglas Silva, Bruno Reis e Tiaguinho; Fabrício e Ricardo.

Independente tenta parceria com o Quissamã

Sem apoio financeiro da prefeitura de Macaé para disputar o Campeonato Carioca da Segundona e, ainda sem patrocinadores, o Independente iniciou uma negociação com a prefeitura de Rio Bonito, buscou uma parceria com o Volta Redonda e por último fez uma proposta ao Quissamã. Mas se depender do torcedor quissamaense e de alguns integrantes da comissão técnica, o Quissamã disputará a Terceirona com o objetivo de subir à Segundona, conquistando a vaga no campo.

A esperança do presidente do Independente, Wanderson Agostinho, é convencer o prefeito de Quissamã, Armando Carneiro. "O time do Quissamã tá muito bem na Copa Rio e terá mais visibilidade disputando a Segundona", garante Wanderson. "Mas se o Quissamã representar o Independente, não vai sair da Terceira Divisão, nosso planejamento está voltado para irmos em busca do titulo e o acesso em 2009", esclarece o treinador de goleiros, Edivaldo Pelezinho.

Outros times estão buscando ajuda, segundo notícias divulgadas na internet e confirmada pelo técnico Toninho Andrade, o Americano fechou parceria com o São João da Barra. O Sampaio Correa, de Saquarema, receberá o apoio do Duque de Caxias. E tem muitos outros que faltam oficializar. O Grupo A, composto por clubes do Norte e do Noroeste Fluminense, tem data prevista para estrear no dia 27 de julho, e já deveriam no mínimo estar realizando as tradicionais "peneiras" visando o esboço de um time para esta competição.

Neste Grupo, além do Independente, representando Macaé, foram anunciados Rio Branco e Goytacaz, de Campos; Floresta, de Cambuci; Aperibeense, de Aperibé e Itaperuna. Tem esboço da primeira rodada, marcada para o dia 27 de julho, e se todos forem confirmados, os confrontos serâo: Aperibeense x Goytacaz, Itaperuna x Rio Branco e Independente x Floresta.

Goleada no Amador Macaense só no Mirim

Abrindo a rodada deste final de semana pelos Campeonatos de futebol promovidos pela Liga Macaense de Desportos, neste sábado (24) o Cidade do Sol recebeu o Atlântico do Futuro, em seu campo, no Cepe-Macaé. Na categoria Mirim o CCS venceu de goleada por 7x0 e no Pré-Mirim a rede não balançou.

Também no sábado, quatro jogos foram realizados no Expedicionário. O Quissamã derrotou o Centro de Promoção Social Crianças do Amanhã por 1x0 no Mirim e empatou sem gols no Pré-Mirim. No Juvenil, o Unidos da Aroeira derrotou o Olímpico por 3x2 e voltou a vencer pelo placar de 3x1 no Infantil.

No domingão (25), a bola rolou pela manhã no Expedicionário, em jogos válidos pelo Macaense de Máster. O Três Amigos derrotou o Unidos da Aroeira por 2x1 e o Praia Campista empatou em 1x1 com o Nova Holanda. À tarde, Atlântico do Futuro e Unidos da Aroeira terminou empatado, sem a rede balançar.

E para fechar a rodada, a Associação Macaense Futebol Escola derrotou o Nova Geração por 2x0, aproveitando a inexperiencia do goleiro Ítalo, com apenas 13 anos e, que não conseguiu evitar os gols marcados por Yan e Patrick. Seu reserva imediato era o gordinho e técnico da equipe, Carlos Felipe. Com esta vitória, a AMFE soma nove pontos e assume a liderança do Grupo A, juntamente com o Atlântico do Futuro.

Neste duelo, O Nova Geração perdeu com: Mauricio; Antony, Roberto Junior, Rafael e Maicom Douglas; Glauco, Carpegiane, Nilson (Douglas) e Lucas (Willian); Ramon e Ciro (Acre). Técnico: Carlos Felipe. AMFE: Mauricio; Calcinha, Dinarte, Caymmi e Leandro (Patrick); Adrianinho, Roni (Marcelo), Vitor e Alisson; Babau e Yan. Técnico: Tampinha.O árbitro foi Genésio Ribeiro Vilela, auxiliado por João Guanais e Julio Cesar Moizinho, todos filiados a Associação Macaense de Árbitros de Desportos.

No Grupo A: Atlântico do Futuro e AMFE, dividem a liderança, cada um com nove pontos; em 3º Selefogo, oito; 4º Unidos da Aroeira, seis; 5º Barreto e Aeroporto, seguram a lanterna, cada um com quatro pontos. No B: Cajueiros é o líder com dez pontos; 2º Macaé, oito, 3º Praia Campista, sete; 4º Nova Geração, quatro; 5º Cidade do Sol, dois e sozinho na lanterna, Córrego do Ouro, um ponto.

A próxima rodada acontece no dia 01 de junho, com três jogos: Na sede Campestre do Cepe-Macaé, Cidade do Sol x Córrego do Ouro; no Expedicionário, às 13h, Cajueiros x Praia Campista e às 15h, Nova Geração x Macaé.

domingo, 25 de maio de 2008

Liga Macaense pega o "Urubu" no basquete juvenil

As equipes Mirim, Infantil e Infanto-Juvenil da Liga Macaense/Tenis Clube entraram em quadra neste sábado (24), rebendo o Flamengo, no Ginásio do Juquinha, em Macaé. antes da bola subir o clima era de festa nas arquibancadas, comemorando as convocações de Gabriel Massena e Mateus Fernandes, para a seleção carioca Sub 15 e, Gabriel Lessa para a carioca Infanto.

Abrindo a rodada tripla, a equpi Mirim conquistou a oitava vitória no Estadual ao derrotar o time rubronegro por 65 a 51, permanecendo na quarta colocação. O destaque macaense foi Loran cravando 26 pontos.

No segundo jogo, a equipe infantil macaense, não conseguiu passar pelo Mengão, quinto colocado, agora com nove vitórias e apenas uma derrota na competição. A LMB perdeu por 61 a 44, acumulando a quinta derrota em onze jogos. O destaque foi Gabriel Massena, que teve uma convocação este ano para a seleção brasileira, anotando 23 pontos.

Fechando a rodada, o infanto-juvenil sofreu a terceira derrota consecutiva, perdendo para o Flamengo pelo placar de 83 a 73. Com o resultado, a equipe carioca, com um jogo a menos, ultrapassa a macaense na classificação. A LMB tem seis vitórias e cinco derrotas, enquanto o Fla acumula seis vitórias e quatro derrotas.

Neste domingo (25), às 13h, também no Juquinha, a Liga Macaense/Tenis Clube enfrenta o Flamengo. Os macaenses estão em sexto, com quatro vitórias e cinco derrotas, e o rubro-negro em quarto com seis vitórias e três derrotas. A presença do torcedor será fundamental para ajudar a garotada macaense a depenar o "Urubu". A entrada é grátis.

Macaé sofreu mas passou pelo Cano

Na estréia do técnico Dário Lourenço, na tarde deste sábado (24) no Moacyrzão, o Macaé derrotou o Americano por 1x0, gol do lateral Schneider, em chute cruzado em que o goleiro Jeferson espalmou para dentro do gol. No outro jogo deste Grupo, o Friburguense derrotou o Madureira por 2x1, gols do veterano Sergio Gomes e Diego para o clube Serrano e, Jardel a favor do Tricolor Suburbano.

Foi uma vitória simples apesar de outras oportunidades de gol terem sido criadas, porém fundamental, mantendo o Macaé ainda na briga pela classificação à final da Copa Rio. Com estes resultados, Friburguense e Americano dividem a liderança, com seis pontos ganhos; Madureira e Macaé estão coladinhos, cada um com três. Na quarta-feira (28), o Macaé volta a jogar no Moacyrzão, recebendo o próprio Madureira. O Americano enfrenta o Friburguense, no Godofredo Cruz, em Campos.

Macaé: Lugão; Schneider, André, Wallace (Otávio) e Bill; Léo Gonçalves, Índio, André Gomes (Jhonatan) e Steve (Anderson); Zada e Jones. Técnico: Dário Lourenço. Americano: Jefferson; Alê, Nirley (Ruan), Gil e Márcio Coutinho; Dejair, Diego (Gérson), Pirão e Bruninho (Juninho); Flávio e Café. Técnico: Toninho Andrade. O árbitro foi Carlos Raphael Sampaio Torres, auxiliado por Wendel de Paiva Gouvêa e Ralph Coutinho Carneiro.

No outro Grupo, o Quissamã derrotou o Duque de Caxias por 4x2 e disparou na liderança. Os gols do Azulão foram marcados por Cleiton, Ricardo, Bruno Reis e Tiaguinho. Giovani cobrando pênalti e fizeram os gols do time caxiense. No outro jogo, o Nova Iguaçu goleou o Volta Redonda por 4x1, gols de Marcus Vinícius, Diego Sales, Rafael e Jordânio. Robinho fez o gol de honra do Voltaço.

O Quissamã venceu com: Anderson Macaé; Fred, Folete, Douglas e Vinicios (Rodrigo); Douglas Silva, Cleiton (Edson), Bruno Reis e Tiaguinho; Fabrício (Wellington Maranhão) e Ricardo. Técnico: Paulo Henrique. Na próxima quata-feira, o Quissamã volta a jogar no Carneirão, às 16h, contra o eliminado Volta Redonda.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Macaé sonha com arrancada "milagrosa" na Copa Rio

Qualquer outro resultado contra o alvinegro campista, que não seja a vitória na tarde deste sábado (24) no Moacyrzão, eliminará precocemente o Macaé Esporte da Copa Rio. Se depender do técnico Dário Lourenço, o lanterna do Grupo K vai iniciar a arrancada "milogrosa" em busca dos pontos necessários para brigar pela classificação na final. Mas terá pela frente um adversário motivado e com jogadores dispostos a sair do anonimato, recolocando o Americano em uma competição nacional.

Além disso, do outro tem o técnico Toninho Andrade, que montou um dos melhores times em Macaé e só não conseguiu o acesso a elite do futebol carioca, devido o regulamento que garantia o acesso apenas ao campeão. Finalmente em 2007, com cinco vagas e sob o comando do técnico Tita, ficou muito mais fácil e mesmo assim, o Macaé assistiu a final entre os reservas do Resende contra o Duque de Caxias. Dessa vez não precisou nem ser vice. Só para lembrar, Toninho foi demitido quando tentou entrar no vestiário do Macaé, após um coletivo apronto. O dono do time, não permitiu.

No outro duelo do Grupo, o Friburguense recebe o Madureira no Eduardo Guinle precisando vencer e torcendo pela vitória do time macaense. Mas seria melhor o Macaé esquecer esta competição e iniciar o planejamento visando a Série C do Brasileirão. Evitaria o desgaste físico e emocional, focando as energias na competição nacional. E a verdade é que o Macaé ainda não é um clube estruturado para uma Copa do Brasil, Torneio Rio-Espírito Santo pouco interessa e o que vale para o macaense é o Campeonato Carioca.

Esta é a segunda vez que Dário assume o Macaé, chegou a negociar para comandar o clube antes do próprio Tita, e curiosamente só agora está de volta. "Estamos passando por um momento difícil, mas isso faz parte do futebol. Temos que trabalhar o lado psicológico dos jogadores e motivá-los. Precisamos dos três pontos para continuarmos com chances de classificação" acredita Lourenço, que rencontrou o goleiro Lugão, o lateral-direito Schneider, o volante Léo Gonçalves e o atacante Léo Guerra. O quinteto fez sucesso no Voltaço em 2005.

Na manhã desta sexta-feira (23), o técnico Dário Lourenço realizou um treino técnico e deve manter o time que vinha jogando e perdeu os dois jogos nesta fase semifinal da Copa Rio. O lateral-esquerdo Bill, com uma indisposição intestinal, ainda é duvida mas deve jogar. "Para este jogo, a conversa será o melhor treinamento. De início, eu não deverei fazer nenhuma mudança na equipe. O mais importante agora é levantar o astral do grupo, apesar de nós não termos tempo para lamentações. Temos chances de classificação e vamos brigar pela vaga". acredita o otimista Dário Lourenço.

Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Wallace e Bill (Dos Santos); Índio, Léo Gonçalves, André Gomes e Steve; Zada e Jones. Americano: Jeferson; Alex, Nirley, Gil e Cirilo; Djair, Pirão, Diego e Bruninho; Café e Flávio. Técnico: Toninho Andrade. O árbitro será Carlos Raphael Sampaio Torres, auxiliado por Wendel de Paiva Gouvêa e Ralph Coutinho Carneiro. A bola vai rolar as três da tarde, com transmissão ao vivo da Rádio AM 820.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Feriadão com futebol Amador em Macaé

A Liga Macaense de Desportos aproveitou o feriado desta quinta-feira e rolou a bola. Pela manhã, na sede Campestre do Cepe-Macaé, o Cidade do Sol empatou em 1x1 com a AMFE, em jogo válido pela categoria Principal. No estádio Expedicionário foi realizada uma rodada dupla pelo Campeonato de Máster. Na preliminar, o Três Amigos derrotou o Independente por 2x0, gols de Zé Maria e Heleno. No jogo de fundo, o Cajueiros goleou Unidos da Aroeira por 5x1, com dois gols de Capixaba, Malvina, Cesario e Renato. Magrinho fez o gol de honra.

Mais dois jogos aconteceram à tarde no Expedicionário, pelo Amador Principal. Com Luis "Bigode" Vilela no apito, o Atlântico do Futuro derrotou o Barreto por 1x0, gol olímpico marcado pelo Raniere. No outro confronto, o Cajueiros goleou o Córrego do Ouro por 4x1, consagrando o atacante Zeca. Ele marcou três gols, e o outro foi do Piu Piu. O gol de honra foi marcado pelo Pereira.

Nesta sexta-feira (23), aproveitando a folga da garotada na escola, e com bola rolando a partir das 09h, o Cidade do Sol recebe a Associação Macaense Futebol Escola, nas categorias Mirim e Infantil. Fora das quatro linhas, o interessante duelo entre os técnicos Tita e Mazinho. No sábado (24), o Cidade do Sol recebe o Atlântico do Futuro, pelo Campeonato Macaense nas categorias Mirim e Pré-Mirim. Desta vez, o duelo de técnicos será entre Tita e Ricardo Neném.

No final de semana passado, a bola rolou abrindo o Campeonato Municipal de Carapebus. No sábado, em Ubás, o Sapecado perdeu de 2x0 para o Barbará na preliminar de Juniores e venceu pelo mesmo placar no Adulto e no estádio Antonio Gomes Viana, o Caxanguinha derrotou o Internacional por 1x0 nos Juniores e foi derrotado por 2x0 no Adulto.

A rodada de abertura foi concluída no domingo, com Rodagem e Botafoguinho empatando em 2x2 nos Juniores. No jogo de fundo, o Rodagem venceu por 4x2, em Ubás. No centro de Carapebus, o Sonrisal venceu o Real Ubás por 1x0 na preliminar e o Real foi a forra no jogo de fundo, vencendo por 2x0 na categoria "Principal".

Em Conceição de Macabu também teve bola rolando pelo certame Amador. No Juniores, São Luis 0x3 São Henri e Descoberta 3x1 Balancé. No Principal, São Luis 1x1 São Henri e Descoberta 2x1 Balancé. Neste domingo (25), começa o Macabuense de Veteranos.

Friburguense deixa o Macaé em crise e na lanterna

A derrota por 3x2 na tarde desta quarta-feira (21) para o Friburguense, acabou com a invencibilidade do Macaé nesta temporada, jogando no Moacyrzão e, foi o estopim que determinou a queda do técnico Tita, após um clima tenso dentro do vestiário. O novo técnico será Dário Lourenço. No outro jogo deste Grupo K, o Americano derrotou o Madureira por 2x0 e assumiu a liderança isolada.

Com estes resultados, o Cano é o líder com seis pontos, Madureira e Friburguense dividem a vice-liderança com três e o Macaé assume a lanterna sem nenhum ponto conquistado. No sábado (21), o Macaé enfrenta o Americano no Moacyrzão e o Friburguense pega o Madureira em Nova Friburgo.

O Macaé deu a impressão que venceria o jogo com facilidade, tinha a sua força máxima em campo e abriu o placar logo aos 14 min. com golaço marcado pelo atacante Jones. Porém ainada no primeiro tempo o Macaé permitiu a reação do Frisão. O primeiro aviso foi com um gol de Julio Cesar, porém ele estava em situação de impedimento e o árbitro anulou. Quatro minutos depois, outro gol e desta vez valeu. Carlos Alberto, chutou rasteiro de perna esquerda e a bola entrou no cantinho, indefensável para o Lugão. O Frisão ainda teve a chance de virar o placar, mas o próprio Carlos Alberto desperdiçou uma grande chance e desta vez, Lugão evitou o gol.

Na volta do intervalo, Índio ficou no vestiário e foi substituído pelo estreante Léo Guerra. Não surgiu o efeito desejado, o Macaé ficou vulnerável e Gilson aproveitou para fazer o gol da virada. Ele tabelou com Carlos Alberto entrou na grande área e de perna canhota fez 2x1. O Macaé entrou em desespero e quase permitiu que o Frisão ampliasse, mas acabou tendo a sorte de empatar. Zada chutou de fora da área, goleiro deu um tapinha, mas a bola acabou entrando.

Este resultado poderia abafar a crise, que já vinha se desenhando desde o Campeonato Carioca, mas que foi encoberta pela classificação à Série C do Brasileirão. Mas era o dia marcado para cair uma invencibilidade de quase seis meses e a queda de toda a comissão técnica. O Friburguense fez 3x2, com Ziquinha recebendo livre e o zagueiro Walace dando condição, o baixinho entrou na área, passou pelo goleiro Lugão e empurrou para as redes.

O Macaé buscou desesperadamente o gol de empate, mas acabou tendo o experiente Léo Guerra expulso. O árbitro deu experança ao torcedor macaense, ao marcar um pênalti duvidoso, porém Jones cobrou e goleiro Léo defendeu.

Macaé Esporte: Lugão; Schneider (Dos Santos), André, Wallace e Bill (Anderson); Índio (Léo Guerra), Léo Gonçalves, André Gomes e Steve; Zada e Jones. Técnico: Tita. Friburguense: Léo; Éverton (Felipe), Cadão, Lucas e Gilson; Sérgio Gomes, Leomir, Cassiano (Maycon) e Carlos Alberto; Gláucio (Júlio Cezar) e Ziquinha. Técnico: Cleimar Rocha. O árbitro foi André Luis Paes Ramos, auxiliado por José Carlos Batista de Arruda e Márcio Fernando da Silva.

Nos jogos do outro Grupo, o Duque de Caxias derrotou o Volta Redonda por 4x2 no Marrentão e o Quissamã confirmou sua força, derrotando o Nova Iguaçu por 2x1 no Carneirão. O destaque foi o goleiro Anderson Macaé, além de boas defesas, cobrou falta aos 44 do segundo tempo e a bola sobrou nos pés de Fabrício, que marcou o gol da vitória. Com estes resultados, o Quissamã é líder absoluto com seis pontos; seguido por Nova Iguaçu e Duque de Caxias, com três e o volta Redonda com zero.

Treinador de Macaé na Paraolimpíada de Pequim

O técnico do Macaé Paraolímpico de Basquete em cadeira de rodas, Antônio Carlos Magalhães, o Pulga, foi convidado para ser o assistente técnico da Seleção Brasileira de Basquete que disputará as Paraolimpíadas em Pequim, na China. O técnico da equipe macaense, já participou das Olimpíadas de Atlanta (EUA) em 1996, como técnico. Desde 2006, à frente da equipe Paraolímpica de Macaé, Pulga, ganhou campeonatos e colocou o time na Segundona do Campeonato Brasileiro.

Pulga reconhece que esta oportunidade foi possível devido a seu trabalho em Macaé, a princípio em caráter social e depois competitivo. "Tudo isso se deve ao meu retorno ao basquete de cadeirante, por meio do convite para dirigir a equipe recém-criada em 2005. Começamos com 10 participantes, e hoje temos 33 atletas que disputam campeonatos regionais e o nacional. É uma raridade, poucas cidades do Brasil têm essa garra de tocar um projeto audacioso como o paraolímpico. Os atletas têm em Macaé toda a estrutura para treinar em um dos melhores ginásios do Brasil, transporte e um incentivo financeiro, através do bolsa-atleta", reconece Pulga.

A indicação do técnico para a Seleção Brasileira Paraolímpica, teve a influência dos próprios atletas e ao retorno de Pulga a esta modalidade. "Não sou uma pessoa política. Minha indicação para integrar a seleção, se deve à confiança que todos têm no meu trabalho, e isso é muito gratificante. O sucesso realizado aqui em Macaé, promoveu meu retorno às quadras do basquete em cadeira de rodas", explica o técnico, que já sonhava com esta indicação no Jogos PanAmericanos, realizado no Rio de Janeiro.

De 99 a 2004, Antônio Carlos esteve à frente da equipe de basquete (andante) do Vasco da Gama. Ficou um ano afastado, depois participou da ParaOlímpiada de Atlanta, nos Estados Unidos em 1996. Veio para Macaé em 2005, por indicação do presidente da Fundação de Esporte (Fesporte), Alex Moraes, e do Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência (CMPPD), para assumir a equipe Parolímpica.

Pulga destaca a ~importância da Prefeitura na execução do Projeto. "Desde o começo tivemos todo apoio para desenvolver o projeto. Conheço os trabalhos em cidades grandes, como São José do Rio Preto e em Campinas, mas que não funcionam integralmente. Em Macaé, o projeto é desenvolvido 100%, o que é uma raridade. Além disso, o bolsa-atleta que é recebido por sete jogadores, é repartido entre todos os integrantes da equipe, sendo um incentivo a mais para o grupo", explica o técnico.

Enquanto Pulga estiver com a Seleção Brasileira, um outro Antônio Carlos vai assumir a equipe de Macaé: "Antônio Carlos Gripp, o Totonho, ficará treinando o grupo enquanto eu estiver fora. Esse ano a equipe de Macaé vai disputar o Campeonato Regional e o Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão", ressalta o técnico. "Mesmo treinando o time que irá à Pequim, estarei em Macaé, em julho, para o desfile do aniversário da cidade, com toda a equipe do paraolímpico. O trabalho que faço aqui é todo respaldado pelo município, que dá o suporte necessário para os atletas treinarem. Macaé já está no meu coração", revela Antônio Carlos, destacando que o Projeto da prefeitura é voltado para pessoas com deficiência nos membros inferiores, como paraplégicos, amputados ou com seqüelas de poliomielite.

domingo, 18 de maio de 2008

Amador com muitos gols em Macaé

A bola rolou neste domingo (18) pelo Amador Macaense de Máster com uma rodada dupla no Estádio Expedicionário. Na preliminar, o Praia Campista empatou com o Independente, sem a rede balançar e no jogo de fundo o nova Holanda derrotou o Três Amigos por 3x1, com dois gols de Gê e Edilson; cobrando pênalti, Eliseu marcou o gol de honra do rubronegro.
Praia Campista: Alceir; Mucha, Bolinha, Audri e Edimilson; Mimi, Leleco, Bocão e Tidinho; Toninho (Clovis) e Valdir (Nanau). Técnico: Garfante Independente: Zé Carlos; Chico (Tião), Aires (Mineiro), Carlinhos e Sidnei; Geraldo, Marquinhos (Edivaldo), Cacau (Burunga) e Robinho; Ciro e Sebastião. Técnico: Elias O árbitro foi Anderson Rangel, auxiliado por Genésio Ribeiro e Cesar Pinto, que neste mês está completando 10 anos na arbitragem macaense.
Nova Holanda: Bode; Marcelo, Paulo Julio (Kiel), Marcos Cabeção e Marcelo Cavalo; Cleber (Marquinhos), Dinaldo (Rogerio), Luis Carlos (Pico) e Edilson; Tita (Genaldo) e Gê. Técnico interino: Paulinho Três Amigos: Cacalo; Arara (Diquinha), Luis Fernando, Moises e Delson; Adilson, Caixeta "Com Banhas" (Devanir), Eliseu e volpone (Luis "Mario Viana"; Zé Maria (Endo) e Bebeto. Técnico: Cado O árbitro foi Gelson Ferraz, com a mesma dupla de Assistentes da preliminar.
À tarde, foi a vez da categoria Adulto "Principal'. Na preliminar o Unidos da Aroeira desencantou e derrotou o Aeroporto por 6x3, com destaque para Marcelo e Rodrigo, cada um marcando dois gols para o time treinado pelo detalhista Alaanderson "Latino". No jogo de fundo, o Macaé derrotou o Córrego do Ouro pelo placar de 3x2 em jogo emocionante, testemunhado por nove torcedores nas arquibancadas e mais 17 espalhados junto ao alambrado. O Macaé venceu com dois gols de Bruno e Fael, diminuindo Tiago e Alex para o time do Zé Baixinho.
No sábado (17) aconteceram quatro jogos pelas categorias de base. Na sede Campestre do Cepe-Macaé, o Cidade do Sol goleou o Olimpico por 4x0 no Infantil e também derrotou por 2x0 no Juvenil, com dois gols de Walace. No Expedicionário, o Nova Geração derrotou a AMFE por 3x0 no Infantil e no jogo de fundo o duelo terminou empatado em 1x1 pelo Juvenil.
Na rodada pelo Amador, o Barreto derrotou a AMFE por 2x0 e no outro jogo o Selefogo empatou em 2x2 contra o Atlântico do Futuro. Os gols do líder Selefogo foram marcados por Marcio e Cimar. O técnico e presidente Eudair Martins "Fogão" comemorou o empate: "Joguei desfalcado de sete titulares e mesmo assim não joguei na retranca".

Macaé foi derrotado pelo Madureira

O Macaé Esporte estreou na quarta fase da Copa Rio, perdendo na tarde deste sábado (17), mais uma vez para o Madureira no aniceto Moscoso por 3 x 1, gols de Edson, Jardel e Maciel. Jones fez o gol de honra, cobrando pênalti. No outro jogo deste Grupo K, o Americano subiu a Serra e derrotou o Friburguense por 2 a 1, no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo.
Pelo Grupo J, o Nova Iguaçu derrotou o Duque de Caxias por 4x2 no Louzadão. Mas o destaque da rodada foi a vitória do Quissamã diante do Volta Redonda em pleno Raulino de Oliveira por 1x0, gol marcado pelo atacante Ricardo. Só ficou surpreso, quem não tinha visto o time de Paulo Henrique golear o Campo Grande por 6x0 e o Olaria por 6x2, ainda na primeira fase da Copa Rio, e derrotar por duas vezes o Boavista e despachar a Cabofriense. O Quissamã vai disputar o Carioca da Terceirona, mas está jogando um futebol de Primeira. Outro destaque na Cidade do Aço, foi o goleiro Anderson Macaé.
O Macaé tentará a reabilitação na quarta-feira (21), diante do Friburguense, voltando a campo às 15h, no Estádio Moacyrzão onde o time treinado pelo técnico Tita ainda não perdeu nesta temporada. Este será o primeiro jogo, da série de três consecutivos em Macaé. Os jogos restantes serão no estádio dos adversários. Em Campos, no Godofredo Cruz, o Americano recebe o Madureira, no duelo de líderes.
No outro Grupo, no estádio Romário de Souza Faria, o "Marrentão", às 15h, o Duque de Caxias recebe o Volta Redonda no duelo dos lanternas. Quem for derrotado terá a classificação ameaçada. uma hora mais tarde, certamente com o Carneirão lotado, o Quissamã recebe o Nova Iguaçu, defendendo a liderança isolada com o apoio da fanática Torcida Organizada Família. promessa de um jogão.
Madureira: Renan; Edson, Luiz Cláudio, Jordan e Maciel; André Paulino, Bruno, Zidane (Michel) e Victor Hugo (Léo); Jardel (Jucelino) e Luciano. Técnico: Carlos Tozzi. Macaé Esporte: Lugão; Rodrigão, André e Otávio (Dos Santos); Schneider (Emerson), Wallace, Léo Gonçalves, André Gomes (Jhonatan) e Bill; Anderson e Jones. Técnico: Tita O árbitro foi Wagner dos Santos Rosa, auxiliado por Marco Aurélio dos Santos Pessanha e Francisco Pereira de Sousa.
Pelo Campeonato Estadual Juvenil o Macaé foi derrotado pelo americano por 1x0, na tarde deste sábado no Moacyrzão. No jogo de fundo, o time Infantil foi a forra e derootou o alvinegro campista por 3x1. Com esta vitória o time treinado pelo Julio Cesar Oliveira, soma agora seis pontos ganhos.

Quissamã está jogando futebol de Primeira na Copa Rio

O atacante Ricardo fez o gol da vitória do Quissamã contra o volta Redonda, na tarde deste sábado (17), no Estádio da Cidadania e assumiu a vice-artilharia com nove gols. E encheu o Quissamã, que entrou na competição visando montar o time para a disputa do Campeonato Carioca da Terceirona, de otimismo na Copa Rio. O Azulão foi atropelando todos os concorrentes, chegou a terceira fase e despachou dois adversários da "Elite". Estreando na penúltima fase, já derrotou outro "grande" do Interior.
Se depender do retrospcto no Carneirão, onde o time só perdeu para o Macaé nesta temporada, e o apoio da Torcida Família, o Quissamã vai triturar o Laranjão da Baixada, no duelo de líderes marcado para esta quarta-feira (21), com bola rolando as quatro da tarde. Se vencer este duelo, o Quissamã vai entrar na briga direta pelo título, pois no outro jogo deste Grupo, os lanternas Duque de Caxias e Volta Redonda se enfrentarão no Estádio Marrentão.
Na vitória contra o Voltaço, o Quissamã parecia um time de Primeira e, antes de fazer o único gol que valeu os preciosos três pontos, o cartão de visita foi uma bola na trave do goleiro goleiro Edinho. Onze minutos depois, Ricardo aproveitou o rebote após o chute do capitão Bruno Reis. O Volta Redonda tentou reagir mas esbarrou no paredão Anderson Macaé, e mesmo quando a bola passou pelo goleiro, bateu no travessão.
Ainda mais confiante no potencial do seu time, o técnico Paulo Henrique marcou para este domingo (18) a reapresentação dos jogadores, visando manter o foco na competição e não deixar que a euforia da torcida tire a concentraçãos dos atletas. “Eramos surpresa, mas agora somos realidade. Prazer, somos o Quissamã”, ironizou Paulo Henrique, ex-lateral do Flamengo e da Seleção Brasileira na década de 60. "Agora que chegamos até aqui, podemos em pensar em algo mais", emenda o treinador de goleiros Edivaldo Pelezinho, sonhando com a classificação para a final da Copa Rio.
Volta Redonda: Edinho;Julio Cezar,Alemão,Dedé e Bruno (Felipe) ; Victor, Alexandre, Renan (Jefinho),Bruno Luiz (Ralphie), Glauber e Lucas. Técnico: Luiz Cláudio. Quissamã: Anderson; Fred, Douglas, Folete e Douglas Silva (Carlos); Rodrigo, Clayton, Bruno Reis, Maranhão (Edson), Tiaguinho e Ricardo(Maicon). Técnico: Paulo Henrique. O árbitro foi Marcelo Venito Pacheco, auxiliado por Marcos Tadeu Peniche Nunes e Antônio Marcos Lemos Machado.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Macaé goleia o Cabofriense no Correão

Precisando apenas do empate para avançar na Copa Rio em busca pela vaga na Copa do Brasil, o Macaé Esporte fez melhor, goleou o Cabofriense por 4x1, na tarde desta quarta-feira (14), dentro do Correão, com dois gols de André Gomes, Zada e o zagueiro Otávio. Roberto fez o gol de honra. A estréia do Macaé na próxima fase será no sábado (17), às 15h, contra o Madureira, em Conselheiro Galvão.
No outro jogo do Grupo I, o Quissamã foi ao Recreio dos Bandeirantes e assegurou a classificação à próxima fase derrotando o "dinheirudo" Boavista por 3x1, gols de Vinícios, Fabricio e Ricardo. Paulo Rodrigues fez o único gol do Verdão. A Torcida Família comemorou muito em Quissamã.
O Macaé continua invicto na competição e o Quissamã é o único clube da Terceira Divisão e, que participou das outras duas fases anteriores. Na quarta fase, serão formados dois Grupos com quatro agremiações cada, que jogarão entre si dentro dos respectivos grupos, em turno e returno, classificando-se para a quinta e última fase apenas o primeiro colocado de cada grupo.
No Grupo J, os confrontos serão entre o Volta Redonda, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Quissamã. No Grupo K, os ainda invictos, Friburguense e Macaé duelarão contra o Madureira e Americano.
A associação campeã será indicada à CBF para a Copa do Brasil de 2009, a vice-campeã para Série C do Campeonato Brasileiro de 2009 e a classificada em terceiro lugar (vencedora do grupo X) estará habilitada a participar da Copa Rio-Espírito Santo de 2008. Enquanto o Macaé e o Quissamã garantiram a vaga vencendo, o Americano teve a sorte de avançar mesmo perdendo para o Cardoso Moreira, por 1x0, gol do zagueiro Fabão. O alvinegro campista foi beneficiado pela derrota do Olaria, que mesmo jogando na Bariri, foi derrotado pelo Duque de Caxias, também por 1x0, gol de Geovani.
Nos outros jogos, o Madureira derrotou o Resende por 1x0, gol de Luciano; Aperibeense 1 x 3 Volta Redonda, gols de Bruno Barra, Ives e Bruno Luís e Luis Claudio marcando o gol de honra; América 1 x 0 Mesquita, gol de Bruno Félix e Nova Iguaçu 0 x 0 Friburguense.
Cabofriense: Flávio; Neném, Odvan, Mirita e Gérson; Marcos Marins, Julinho (Fábio), Márcio (Márcio Guerreiro) e Têti; Edivaldo (Tenório) e Roberto. Técnico: Ailton Ferraz. Macaé Esporte: Lugão; Otávio, André e Wallace (Rodrigão); Schneider (Anderson), Índio, Léo Gonçalves, André Gomes (Dos Santos) e Bill; Zada e Jones. Técnico: Tita. O árbitro foi Leonardo Garcia Cavaleiro, auxiliado por Marcos Antônio Bastos Júnior e Marcos Antônio Santos.
Neste sábado (17), o Macaé Esporte estréia na quarta fase enfrentando o Madureira, às 15h, no Aniceto Moscoso e o Quissamã vai à Cidade do Aço jogar contra o Volta Redonda, no mesmo horário, no estádio Raulino de Oliveira. No Macaé, o volante Indio e o meia Zada desfalcam o time e, no Quissamã, o lateral esquerdo Vinícios e o atacante Fabrício também jogos. O quarteto cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

Macaé recebe a garotada do Amaericano no Moacyrzão

O Macaé Esporte volta a jogar neste sábado (17), no Moacyrzão pelo Estadual das categorias de base, recebendo o Americano. Na preliminar, às 13h, o time Juvenil treinado pelo Carlinhos Ganjão, 4º colocado no Grupo C com sete pontos enfrenta o líder, o alvinegro campista, que tem 13 pontos. O árbitro deste duelo será João Luis da Silva Sequeiros, auxiliado por Ricardo Martins de Souza Filho e Rodrigo Deiró Carlos.
No jogo de fundo, o Infantil, treinado pelo estudioso Julio Cesar de Oliveira se preparou durante a semana no CT do Barroco Lopes na tentativa de deixar a incômoda penúltima colocação, com apenas três pontos conquistados na estréia. O árbitro será Rodrigo Deiró Carlos, auxiliado por Raimundo Martins de Souza Filho e Ricardo Nogueira da Silva.
Na última quarta-feira (14), no CT Vale das Laranjeiras, em Xerém, o Fluminense recebeu o Botafogo em jogo reprogramado da quinta rodada do Campeonato Estadual de Futebol Infantil e Juvenil. Os dois jogos terminaram empatados em 1 a 1. O outro clássico da rodada, Vasco x Flamengo, foi remarcado para o próximo dia 21, no Vasco Barra.
A sexta rodada da fase classificatória deste Estadual terá início nesta sexta-feira (16) com o Vasco da Gama recebendo o Friburguense, às 11h, no Vasco Barra, pela categoria juvenil. Ainda hoje, porém à tarde, La Coruña e Cidadania se enfrentam no estádio Ademar Bebiano com os juvenis jogando às 13h e os infantis fazendo o jogo de fundo.
O prosseguimento da rodada será no sábado (17), com Volta Redonda x Resende, no CT Voltaço, na categoria Juvenil, às 10h. Ainda pela manhã, com o Infantil jogando às 9h e o Juvenil às 11h; Fluminense x Madureira, no CT Vale da Laranjeiras, com o Infantil às 9h e o Juvenil às 11h; Duque de Caxias x Mesquita, no Tele Santana da Silva, no Infantil e Juvenil; Nova Iguaçu x Olaria, no CT Laranjão, no Infantil e Juvenil; CFZ do Rio x Bangu, no Antunes Coimbra, no Infantil e Juvenil; Portuguesa x São Cristovão, no Luso-Brasileiro pelo Infantil e Juvenil; Profute x Tigres do Brasil, no Alzirão, no Infantil e Juvenil.
Nos jogos à tarde, com o Juvenil às 13h e o Infantil às 15h; Flamengo x América, no José Bastos Padilha; Botafogo x Boavista, no CT Celson Gol; Goytacaz x Cardoso Moreira, em Barcelos; Cabofriense x Rio Branco, no Correão; Castelo Branco x Futuro Bem Próximo, em Jacarepaguá. No domingo (18), Rubro Social x Campo Grande, pela manhã, a partir das 9h, no estádio Moça Bonita e, nos jogos da tarde começando às 15h, Várzea x Condor, no Heleno Nunes e Fenix x Rio de Janeiro, em Barra Mansa.
Juvenil: Grupo A - 1º Botafogo e Fluminense, 13 pontos; 3º Vasco, 12; 4º Flamengo, 8; 5º Friburguense, 7; 6º América, Volta Redonda e Duque de Caxias, 6; 9º Madureira, 4; 10º Boavista e Resende, 3; 12º Mesquita, 2 pontos. Grupo B - 1º Sendas, 13 pontos; 2º Nova Iguaçu, 12; 3º Olaria, 10; 4º Tigres do Brasil, 6; 5º CFZ do Rio, 5; 6º Profute, 3; 7º São Cristovão e Bangu, 2; 9º Portuguesa, 1ponto. Grupo C - 1º Americano, 13 pontos; 2º Rio Branco, 12; 3º Cabofriense, 10; 4º Macaé Esporte e Rio das Ostras, 7; 6º Goytacaz, Itaboraí e Cardoso Moreira, 3; 9º Itaperuna, zero. Grupo D - 1º Campo Grande, 13 pontos; 2º Rio de Janeiro, 11; 3º Futuro e Fenix, 9; 5º Rubro Social e União Central, 7; 7º Castelo Branco, 5; 8º Várzea, 4; 9º La Coruña e Condor, 3; 11º Cidadania, zero.
Infantil: Grupo A - 1º Fluminense, 13 pontos; 2º Madureira, 12; 3º Vasco, 9; 4º Botafogo, 7; 5º Flamengo e Volta Redonda, 6; 7º América, 3; 8º Mesquita, Duque de Caxias e Boavista, zero. Grupo B - 1º Sendas, 10 pontos; 2º Nova Iguaçu, Tigres do Brasil e CFZ do Rio, 9; 5º Profute, 7; 6º São Cristovão, 5; 7º Olaria, 3; 8º Portuguesa, 2; 9º Bangu, 1ponto. Grupo C - 1º Rio Branco e Cabofriense, 12 pontos; 3º Americano e Itaboraí, 8 pontos; 5º Cardoso Moreira, 7; 6º) Goytacaz, 4; 7º Rio das Ostras e Macaé Esporte, 3; 9º Itaperuna, 0. Grupo D - 1º Campo Grande, 15 pontos; 2º Castelo Branco, 10; 3º Futuro, 9; 4º Rio de Janeiro, 8; 5º La Coruña, 7; 6º União Central e Fenix, 6; 8º Várzea, 4; 9º Condor, 3; 10º Rubro Social e Cidadania, 1ponto.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Macaé só precisa empatar com o Cabofriense

Um empate em Cabo Frio, nesta quarta-feira (14), às 15h, contra o Cabofriense, no Estádio Correão, será suficiente para o Macaé Esporte avançar à quarta fase da Copa Rio. Até uma derrota não elimina o Macaé, desde que o Quissamã empate ou seja derrotado pelo Boavista, no Recreio dos Bandeirantes.
Na liderança do Grupo I com nove pontos, o Macaé tem tudo para continuar sonhando com o título e conquistar a vaga na Copa do Brasil em 2009. Quissamã e Cabofriense dividem a vice-liderança, cada com seis pontos e Boavista, com apenas quatro, é o lanterna. Nesta Copa Rio, o Macaé ainda está invicto. No jogo do turno, realizado no Moacyrzão, no dia 3 de maio, o Macaé e empatou em 1x1 com o Cabofriense. Nesta segunda-feira (12), o Macaé foi pego de surpresa ao constatar que o nome do camaronês Steve saiu do Boleim Informativo de Registro de Atletas - BIRA. Caso a situação na seja regularizada, o jogador desfalcará o time nesta última rodada da fase classificatória.
Leonardo Garcia Cavaleiro será o árbitro deste confronto, auxiliado por Marcos Antonio Bastos e Marcos Antonio Santos. O 4º árbitro será Robson Faria Martins e o observador será Manoel do Couto Ferreira Pires. A Rádio AM 820 transmite o jogo ao vivo e pela internet no site http://www.radio820.com.br/

Coquetel lança o Tour em Belém do Pará

Belém (PA) - Belém já está envolvida no clima do futsal. Nesta segunda-feira (12) o Fifa Futsal World Cup Brazil 2008 - Promotional Tour foi lançado com um coquetel no Hotel Sagres, na capital paraense. O evento contou com a presença do presidente da CBFS, Aécio de Borba Vasconcelos, que fez uma breve apresentação das ações da turnê e também teve a palavra a Secretária do Estado de Esporte e Lazer, Maria Lúcia de Macedo Penedo, que falou da satisfação de ser parceira dessa iniciativa. "Não poderíamos deixar de participar de um evento de tamanha dimensão e estamos muito honrados em poder contribuir para a realização do mesmo em nosso Estado", ressaltou a secretária.
Além das autoridades locais, a família do futsal do estado do Pará e a imprensa participaram dessa confraternização. Na ocasião, houve a exibição de um vídeo com depoimentos de atletas consagrados, dirigentes da área dos esportes e a história do futsal. Todos os convidados receberam como brindes, uma caneta e um porta-cartão e ainda preencheram o cupom do concurso do melhor slogan para o Mundial.
Em cada capital serão selecionadas as 10 melhores frases, as pessoas serão premiadas com um pacote de viagem (com direito a um acompanhante) para assistir às finais da Copa do Mundo de Futsal, no Rio de Janeiro. A caravana permanece na capital do Pará até sexta-feira (16/5) com ações nas escolas da rede pública e particular, clínicas de futsal e stand montado no Castanheira Shopping.

Quissamã sediou o Circuito Lagos de Natação

Não é só de futebol que o município de Quissamã é conhecido através do esporte. No fim de semana que passou, foi realizado no Parque Aquático de Quissamã, a segunda etapa do Circuito Lagos de Natação 2008 com a participação de oito delegações e cerca de 300 atletas de vários municípios do Estado, com destaque para a equipe quissamaense, conquistando inúmeras medalhas.
Segundo Ísis Chagas, técnica da equipe quissamaense, esta foi a melhor participação dos seus atletas no Circuito, conquistando 13 medalhas para o município. “O evento foi muito bom e, segundo avaliação de técnicos, árbitros e responsáveis pelas delegações, Quissamã é o melhor espaço de competição de todo o Circuito”. Isis destaca outra importaância do evento. "Assistindo às provas, mais crianças se motivam a participar da Escolinha e, aquelas que já participam criam a expectativa de treinar para também passar a fazer parte da equipe de competição".
Única na categoria juvenil feminino, a nadadora Naara Fraiz Brangioni conquistou o primeiro lugar nos 400m livre e nos 100m costa.
Os rapazes, em maior número, conquistaram as seguintes colocações: segundo nos 100m costas e terceiro nos 50m livre na categoria Júnior, com Diogo Alexandria da Silva; segundo nos 50m livre infantil, Vitor da Silva Guimarães; terceiro nos 50m e nos 100m livre petiz, com Hebron Fraiz Brangioni; terceiro nos 100m costas infantil, Caio Vinícius Pessanha; terceiro nos 50m livre infantil, Moizes Moreira Pereira; terceiro nos 100m peito júnior, com Maurício Belarmino dos Santos.
No revezamento 4x50 quatro estilos, categoria petiz masculino, Quissamã obteve o terceiro lugar, com a equipe composta por Hebron Fraiz Brangioni, Pedro Henrique Andrade, Vitor da Silva Guimarães e Augusto César da Silva. A próxima etapa acontece em junho, na cidade de Saquarema, em data a ser definida pela organização.

domingo, 11 de maio de 2008

Macaé não consegue derrubar o tabu contra o Boavista

Jogando pela Copa Rio, o Macaé Esporte recebeu o Boavista na tarde deste sábado (10) no Moacyrzão e, tinha como objetivo, conseguir a inédita vitória contra o Verdão de Bacaxá e assegurar uma das vagas na quarta fase com uma rodada de antecedência.
Faltou pouco, o Macaé fez 1x0 com o atacante Jones, criou outras oportunidades para ampliar, porém visivelmente administrando o resultado no segundo tempo, acabou sofrendo o gol de empate quando restavam apenas dois minutos para terminar o duelo. O zagueiro Otávio, desviou para o fundo das redes, marcando um gol contra.
O fato de ainda não ter quebrado o tabu de nunca ter vencido este adversário é o que menos importa, com este empate o Macaé permanece na liderança e praticamente garantiu no mínimo a segunda colocação no Grupo I, o suficiente para avançar na Copa Rio e brigar pela vaga na Copa do Brasil. No outro jogo deste Grupo, o Quissamã derrotou o Cabofriense por 2x1, no Carneirão e sobrevive na luta pela classificação.
Ao Macaé basta o empate na última rodada desta terceira fase, na quarta-feira (14), contra o Cabofriense, no Correão. Já o Quissamã precisa derrotar o Boavista e torcer pela vitória do Macaé, em Cabo Frio. Macaé lidera, com nove pontos; Quissamã e Cabofriense dividem a vice-liderança, com seis e o Boavista é o lanterna com quatro pontos.
Na próxima quarta-feira (14) acontece a última rodada. O Macaé Esporte enfrenta a Cabofriense, às 18h, no Estádio Correão. Um pouco mais cedo, às 15h, o Boavista recebe o Quissamã no Estádio Antunes, no Recreio dos Bandeirantes.
Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Otávio e Andrezinho (Bruno Mezenga); Índio (Léo Gonçalves), André Gomes, Steve e Zada; Bill e Jones (Dos Santos). Técnico: Tita. Boavista: Erivélton; Filipe, Roberto Lopes e Hélder; Flavinho, Bruno Moreno (Jefinho), Thiaguinho, Fábio (Bruno) e Paulo Rodrigues; Romarinho (Marlon) e Diogo. Técnico: Mário Marques. O árbitro foi Agnaldo Xavier Farias, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Ricardo Saldanha Batemarqui.
Nos outros confrontos deste sábado, pelo Grupo F - Volta Redonda 1 x 1 Madureira e Resende 7 x 0 Aperibeense; Grupo G - Friburguense 1 x 1 América; Grupo H - Duque de Caxias 2 x 1 Cardoso Moreira e Americano x Olaria. Neste domingo (11), às 15h, Mesquita e Nova Iguaçu se enfrentam no Louzadão, em jogo válido pelo Grupo G.

Independente se despede sofrendo goleada nos Juniores

Não passou da primeira fase, a tentativa do Independepente em parceria com Rio Bonito, na disputa do Estadual da Segundona de Juniores. Neste sábado (10), o clube macaense foi goleado pelo Ceres por 6x0 e se despediu da competição. Pelo mesmo placar, o Rio Branco foi a Itaperuna já classificado e sofreu uma goleada, que tirou a chance de classificação do Goytacaz.
Nos outros jogos realizados neste sábado, em Aperibé, o Aperibeense empatou com Floresta em 2x2 e morreram abraçadinhos, ambos estão fora da competição. E mais: Miguel Couto 2 x 0 Angra dos Reis; Nova Iguaçu 5 x 1 Guanabara; Bonsucesso 2 x 0 Portuguesa, Olaria 2 x 1 Tigres do Brasil; Silva Jardim 1 x 0 São Cristovão e Estácio de Sá 2 x 0 Bréscia.
Com o encerramento da primeira fase, doze equipes avançam, distribuídas em três Grupos. No F: Bangu, CFZ do Rio, Portuguesa e Itaperuna. No G: Sendas, Bonsucesso, Nova Iguaçu e Céres. No H: Tigres do Brasil, Rio Branco, Estácio de Sá e Silva Jardim. Durante a semana o Departamento Técnico da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro estará divulgando a tabela com as datas, horários e locais dos jogos.
Classificação Final: Grupo A - 1º Rio Branco, 19 pontos; 2º Itaperuna, 10; 3º Aperibeense, 8 (saldo: -4); 4º Goytacaz, 8 (saldo: -6); 5º Floresta, 4. Grupo B - 1º Bangu, 20 pontos; 2º Nova Iguaçu, 16; 3º Miguel Couto, 9; 4º Angra dos Reis, 7; 5º Guanabara, 6. Grupo C - 1º Tigres do Brasil, 15 pontos; 2º Céres, 14; 3º Olaria, 11; 4º Villa Rio, 7 (saldo: -6); 5º Independente, 7 (saldo: -11). Grupo D - 1º CFZ do Rio, 21 pontos; 2º Bonsucesso, 19; 3º Portuguesa, 15; 4º Serrano, 11; 5º Profute, 9; 6º Teresópolis, 7. Grupo E - 1º Sendas, 17 pontos; 2° Silva Jardim, 16; 3º Estácio de Sá, 14; 4º São Cristovão, 10; 5º Bréscia, zero.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Macaé busca a vitória inédita contra o Boavista

Na primeira fase da Série C do Brasileirão, um dos adversários do Macaé Esporte será o Boavista, que em oito jogos na história dos confrontos nunca foi derrotado pela equipe macaense. Neste sábado (10), às 15h, no Moacyrzão, onde o Macaé está invicto em 2008, o time treinado pelo técnico Tita terá mais uma oportunidade de acabar com esta escrita.
São quatro empates e quatro derrotas, duelando há vários nas competições promovidas pela Ferj. Teve inclusive um amistoso, que nem acabou devido a confusão dentro das quatro linhas, quando o jogo estava empatado. O Macaé marcou cinco gols e sofreu nove, sendo que dois desses gols foram marcados pelo próprio jogador do Macaé, contra. No último confronto, realizado no dia 2, no turno desta fase pela Copa Rio, Zada fez 1x0 Macaé, mas aos 43 do segundo tempo, Helder manteve o tabu, no Estádio Antunes, no Recreio dos Bandeirantes.
Derrotar o Boavista vale muito mais que uma quebra de tabu, classifica o time para quarta fase da competição, com uma rodada de antecedência. "E vamos vencer", diz o confiante Gustavo Mendes, gerente de futebol do Macaé. Melhor será, se o Quissamã derrotar o Cabofriense, às 17h30, no Estádio Carneirão, no outro duelo deste Grupo.
O Macaé terá a força máxima, reforçado pelo goleiro Lugão, que teve seu nome publicado no Bira (Boletim Informativo de Registro de Atletas), e finalmente poderá estrear neste jogo. O garoto Rerysson, que estreou "tapando um buraco" na quarta-feira (07), ficará no banco de suplentes, já que o reserva imediato (Ricardo) ainda não foi regularizado. O lateral-direito Schneider, assume a condição de titular.
Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Otávio e Andrezinho; André Gomes, Steve, Zada e Bill; Jones e Bruno Mezenga. Técnico: Tita. Boavista: Erivélton; Adriano, Fábio, Hélder e Paulo Rodrigues; Thiaguinho, Bruno Moreno, Roberto Lopes e Flavinho; Romarinho e Diogo. Técnico: Mário Marques. O árbitro será Agnaldo Xavier Farias, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Ricardo Saldanha Batemarqui.
Ainda neste sábado, pelo Grupo F - Volta Redonda x Madureira, 15h no Raulino de Oliveira e Resende x Aperibeense, no Trabalhador; Grupo G - Friburguense x América,15h no Eduardo Guinle e Mesquita x Nova Iguaçu, no Louzadão; Grupo H - Duque de Caxias x Cardoso Moreira, 15h no Marrentão e Americano x Olaria, 17h no Godofredo Cruz, em Campos.

Macaé busca a vitória inédita contra o Boavista

Na primeira fase da Série C do Brasileirão, um dos adversários do Macaé Esporte será o Boavista, que em oito jogos na história dos confrontos nunca foi derrotado pela equipe macaense. Neste sábado (10), às 15h, no Moacyrzão, onde o Macaé está invicto em 2008, o time treinado pelo técnico Tita terá mais uma oportunidade de acabar com esta escrita.
São quatro empates e quatro derrotas, duelando há vários nas competições promovidas pela Ferj. Teve inclusive um amistoso, que nem acabou devido a confusão dentro das quatro linhas, quando o jogo estava empatado. O Macaé marcou cinco gols e sofreu nove, sendo que dois desses gols foram marcados pelo próprio jogador do Macaé, contra. No último confronto, realizado no dia 2, no turno desta fase pela Copa Rio, Zada fez 1x0 Macaé, mas aos 43 do segundo tempo, Helder manteve o tabu, no Estádio Antunes, no Recreio dos Bandeirantes.
Derrotar o Boavista vale muito mais que uma quebra de tabu, classifica o time para quarta fase da competição, com uma rodada de antecedência. "E vamos vencer", diz o confiante Gustavo Mendes, gerente de futebol do Macaé. Melhor será, se o Quissamã derrotar o Cabofriense, às 17h30, no Estádio Carneirão, no outro duelo deste Grupo.
O Macaé terá a força máxima, reforçado pelo goleiro Lugão, que teve seu nome publicado no Bira (Boletim Informativo de Registro de Atletas), e finalmente poderá estrear neste jogo. O garoto Rerysson, que estreou "tapando um buraco" na quarta-feira (07), ficará no banco de suplentes, já que o reserva imediato (Ricardo) ainda não foi regularizado. O lateral-direito Schneider, assume a condição de titular.
Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Otávio e Andrezinho; André Gomes, Steve, Zada e Bill; Jones e Bruno Mezenga. Técnico: Tita. Boavista: Erivélton; Adriano, Fábio, Hélder e Paulo Rodrigues; Thiaguinho, Bruno Moreno, Roberto Lopes e Flavinho; Romarinho e Diogo. Técnico: Mário Marques. O árbitro será Agnaldo Xavier Farias, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Ricardo Saldanha Batemarqui.
Ainda neste sábado, pelo Grupo F - Volta Redonda x Madureira, 15h no Raulino de Oliveira e Resende x Aperibeense, no Trabalhador; Grupo G - Friburguense x América,15h no Eduardo Guinle e Mesquita x Nova Iguaçu, no Louzadão; Grupo H - Duque de Caxias x Cardoso Moreira, 15h no Marrentão e Americano x Olaria, 17h no Godofredo Cruz, em Campos.

Macaé busca a vitória inédita contra o Boavista

Na primeira fase da Série C do Brasileirão, um dos adversários do Macaé Esporte será o Boavista, que em oito jogos na história dos confrontos nunca foi derrotado pela equipe macaense. Neste sábado (10), às 15h, no Moacyrzão, onde o Macaé está invicto em 2008, o time treinado pelo técnico Tita terá mais uma oportunidade de acabar com esta escrita.
São quatro empates e quatro derrotas, duelando há vários nas competições promovidas pela Ferj. Teve inclusive um amistoso, que nem acabou devido a confusão dentro das quatro linhas, quando o jogo estava empatado. O Macaé marcou cinco gols e sofreu nove, sendo que dois desses gols foram marcados pelo próprio jogador do Macaé, contra. No último confronto, realizado no dia 2, no turno desta fase pela Copa Rio, Zada fez 1x0 Macaé, mas aos 43 do segundo tempo, Helder manteve o tabu, no Estádio Antunes, no Recreio dos Bandeirantes.
Derrotar o Boavista vale muito mais que uma quebra de tabu, classifica o time para quarta fase da competição, com uma rodada de antecedência. "E vamos vencer", diz o confiante Gustavo Mendes, gerente de futebol do Macaé. Melhor será, se o Quissamã derrotar o Cabofriense, às 17h30, no Estádio Carneirão, no outro duelo deste Grupo.
O Macaé terá a força máxima, reforçado pelo goleiro Lugão, que teve seu nome publicado no Bira (Boletim Informativo de Registro de Atletas), e finalmente poderá estrear neste jogo. O garoto Rerysson, que estreou "tapando um buraco" na quarta-feira (07), ficará no banco de suplentes, já que o reserva imediato (Ricardo) ainda não foi regularizado. O lateral-direito Schneider, assume a condição de titular.
Macaé Esporte: Lugão; Schneider, André, Otávio e Andrezinho; André Gomes, Steve, Zada e Bill; Jones e Bruno Mezenga. Técnico: Tita. Boavista: Erivélton; Adriano, Fábio, Hélder e Paulo Rodrigues; Thiaguinho, Bruno Moreno, Roberto Lopes e Flavinho; Romarinho e Diogo. Técnico: Mário Marques. O árbitro será Agnaldo Xavier Farias, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Ricardo Saldanha Batemarqui.
Ainda neste sábado, pelo Grupo F - Volta Redonda x Madureira, 15h no Raulino de Oliveira e Resende x Aperibeense, no Trabalhador; Grupo G - Friburguense x América,15h no Eduardo Guinle e Mesquita x Nova Iguaçu, no Louzadão; Grupo H - Duque de Caxias x Cardoso Moreira, 15h no Marrentão e Americano x Olaria, 17h no Godofredo Cruz, em Campos.

Kaiserburg entrou numa fria em Rio das Ostras

No último sábado (03), jogando em casa, o time de juniores do Rio das Ostras goleou a equipe do Kaiserburg, de Petrópolis, por 4x1, com dois gols de Renan, Diogo e Bahia, garantindo a classificação para a segunda fase do Campeonato Carioca da Terceira Divisão com uma rodada de antecedência.
O jogo foi bem disputado e manteve a equipe riostrense no primeiro lugar de sua chave que conta ainda com São João da Barra, Quissamã, Tanguá e Casimiro de Abreu. No primeiro tempo, Rio das Ostras abriu o placar logo no início do jogo com Bahia. O Kaiserburg empatou em seguida, mas Renan colocou o time da casa novamente em vantagem. No segundo tempo, o alvinegro riostrense manteve o padrão e ampliou o placar fazendo 4x1, outra vez com Renan e Diego.
Na opinião do diretor, Abílio Nascimento, a chave de Rio das Ostras foi uma das mais difíceis do campeonato. "Com essa vitória, garantimos matematicamente a nossa classificação para a próxima fase. No entanto não sabemos se terminaremos em primeiro ou segundo do grupo. Vai depender dos resultados da última rodada neste final de semana. Acredito, inclusive, que o terceiro colocado na nossa chave será um dos dois terceiros lugares classificados como melhor índice técnico", explica, referindo-se ao Quissamã e São João da Barra, que se enfrentam, às 15h, neste sábado (10), no Carneirão.
Cumprindo tabela, o Rio das Ostras terá um "treino de luxo", neste sábado (10), às 15h contra o Tanguá, em Rio Bonito, valendo pela última rodada da primeira fase. O técnico Tidinho já definiu o time com: Josival; Douglas, Tatu, João Felipe e Danilo; Cesar, Edson, Bahia e Renan; Diego e Anderson. As equipes do Rio das Ostras, no Juvenil (sub 17) e Infantil (Sub 15) receberam o Rio Branco (Campos), no último final de semana, no Estádio Emília Rosa Guimarães. O time juvenil foi derrotado por 4x2 e o Infantil foi a forra e venceu por 2 a 1 de virada. Os dois jogos valeram pelo Campeonato Estadual.

Carapebus disputará duas competições no futebol

A Escolinha de Futebol de Carapebus, estão se preparando para disputar a Taça Cidade de Rio Bonito de Futebol Sub-11 e a Copa Costa do Sol de Futebol Sub-11 e Sub-13. A expectativa é corresponder os investimentos da prefeitura de Carapebus, nestes dois torneios Intermunicipais.
A Taça Cidade de Rio Bonito de Futebol Sub-11 terá início no dia 24 de maio, em Rio Bonito, com a participação de 16 equipes representando várias cidades do Estado do Rio e da capital carioca . Carapebus estréia contra o Botafogo, e ainda terá como adversários o Nova Iguaçu e Profute. Os dois melhores colocados em cada grupo avançarão a etapa seguinte, com a final sendo disputada na última semana de junho. Este torneio tem o apoio da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.
Na Copa Costa do Sol de Futebol Sub-11 e Sub-13, Carapebus será representado nas duas categorias. A estréia será no dia 1º de junho, contra o Córrego do Ouro, na Região Serrana de Macaé. Equipes do Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Búzios e Colégio Barroco Lopes, representando Macaé, são os outros participantes. Os quatro melhores se classificam para a fase semifinal, e vencedores decidem o título no dia 17 de agosto. Este torneio é promovido pela prefeitura de Rio das Ostras.
A preparação dos atletas carapebuenses é fruto do trabalho desenvolvido pela prefeitura com jovens de 5 a 17 anos de idade. As aulas da escolinha de futebol acontecem de segunda a sexta-feira, nos turnos da manhã e da tarde, no Estádio Antônio Gomes Viana e na quadra da Praça Cordeiro, com o acompanhamento de três professores de educação física e três auxiliares. coordenador de esporte da Secretaria Municipal de Esporte
O coordenador da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Evaldo Tavares Torres, explica que a Escolinha é uma opção para ocupar o tempo ocioso da garotada. "Nosso objetivo é ocupar os jovens através do esporte, o que é bom para o corpo e para a mente", garante Tutuca, e emenda: "Quem quiser participar da Escolinha pode se inscrever, apresentando documento de identidade, duas fotos 3 x 4, atestado de saúde e declaração da escola onde estuda".

Jacarepaguá foi encestado em Macaé

Atuando no ginásio do Juquinha, no domingo, as equipes do mirim, infantil e infanto da Liga Macaense/Tênis Clube derrotaram o Jacarepaguá pelo Campeonato Estadual. No Mirim, por 97 a 17; no infantil, 91 a 35 e no infanto, 91 a 37. Após o encerramento de cada confronto, a vitória do time macaense foi comemorado ao embalo do hino de Macaé.
No intervalo do jogo entre as categorias Mirim e Infantil, o presidente da Liga Macaense de Basketball, José Domingues de Araújo Filho, homenageou o presidente do Tênis Clube de Macaé, Deney Figueiredo Almeida, pelo apoio ao basquete macaense e pela parceira com a LMB, além de colaborar com a reforma do Ginásio Poliesportivo do Juquinha.
O presidente do Tênis Clube recebeu o diploma de honorário e todos os presentes cantaram ‘parabéns pra você’ pelo 80 anos de fundação da entidade. "Agradeço a homenagem e parabenizo a Liga Macaense e todo os atletas", disse o dirigente.
Mirim - Thiago (4), Luan (26), Milton (9), Luigi (9), P. Vitor (5), Moura (1), M. Massena (14) e Rodrigo (12). Técnico: Mário Meirelles. Infantil - Gonçalves (8), Vitor (2), Matheus (14), Roger (12), Yan (4), Cirne (4), Prizzera (10), Oliveira (6), Lontra (16), Luan (5), Pessanha (14) e Massena (14). Técnico: Bruno Maia. Infanto - Luquinha (7), Lapa (17), Lessa (17), Maycon (8), Thiago (2), Douglas (6), Victor Hugo (7), Alves (6), Valdir (23), Pablo(5) e Gama (1). Técnico: Bruno Gonzales.
Jogando no Ginásio das Laranjeiras, no último domingo, o time juvenil da Liga Macanse/Tênis Clube perdeu para o Fluminense, por 67 a 66, pelo Campeonato Estadual de Basquete, fincando no término do primeiro turno com quatro vitórias e quatro derrotas.

domingo, 4 de maio de 2008

Surfistas macaenses foram profissionalizados

O surf macaense consolidou seu profissionalismo de status nacional. A Associação de Surf de Macaé (ASM) comemorou na noite de segunda-feira (28), na sede de praia do Tênis Clube, a homologação dos resultados das etapas do Circuito Macaense de Surf por meio de certificação da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (Feserj). A cerimônia homenageou grandes nomes do surf macaense como Hércules Zarour e Marcelo Brasileiro, além de novos talentos como Matheus Faria, de 13 anos, e o atual líder do ranking de surf na categoria Open, João Castaño.
De acordo com o presidente da ASM, Miguel Ângelo, o sistema oficial utilizado para emitir as notas dos atletas, com emissão on line de cada onda em cada bateria, é o Beach & Bite, o que garante total transparência dos resultados. “O surf em Macaé está certificado pelo órgão competente do esporte, a Feserj, através do sistema Beach & Bite, usado em circuitos mundiais de surf como Austrália e Havaí. Nunca na história de Macaé tivemos atletas certificados e hoje nós temos”, explicou Ângelo.
O prefeito Riverton Mussi, que recebeu certificado de honra ao mérito por apoio incondicional ao circuito macaense de surf de 2006 e 2007, destacou a importância do surf e do esporte para a formação do cidadão. “A prefeitura incentiva a prática esportiva e valoriza os profissionais de surf de Macaé. Estimulamos o esporte com o Bolsa-Atleta e esperamos que os atletas de vários esportes, como o surf, levem cada vez mais o nome de Macaé em todo o país”.
O subsecretário de Esporte, Valter Soares Bittencourt, avaliou que a certificação valoriza o profissional, que fica sabendo ainda na bateria, que nota precisa tirar para melhorar sua colocação na bateria. “A prefeitura de Macaé valoriza o esporte e o atleta”, disse Valtinho, afirmando que não tem intimidade com a prancha sobre as ondas, apesar de ter tentado aprender a surfar.
Na primeira etapa do Circuito Macaense de Surf 2008, realizada em março, o surfista João Castaño faturou o primeiro lugar na categoria Open . Na categoria Máster (a partir de 35 anos), Márcio Castro conquistou o primeiro lugar. A categoria Sênior (surfistas a partir de 28 anos), teve como primeiro lugar Jovan Silva. A supervisão técnica do evento foi feita pela Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro, que trouxe para Macaé a comissão técnica formada por árbitros e headjudices (coordenadores técnicos responsáveis pela nota final).
O presidente da Fundação Macaé de Esporte (Fesporte), Alex Moraes, também prestigiou o evento e ressaltou a qualidade do surf no município. “O surf de Macaé atingiu hoje um nível de profissionalização muito importante, participando inclusive de eventos nacionais. Temos no momento atletas que recebem bolsa auxílio da prefeitura, como uma forma de não só ajudar, mas também estimular a dar continuidade a prática do surf”, frisou.
Miguel Ângelo também salientou a importância do profissionalismo do surf em Macaé e do apoio do poder público municipal. “O surf em Macaé está crescendo e a tendência é crescer ainda mais”, comentou o presidente da ASM.

Macaé leva susto e empata com o Cabofriense

O Macaé continua imbatível nesta temporada, jogando no Moacyrzão. Na tarde deste sábado (03) pela Copa Rio, chegou a estar perdendo por 1x0, gol do velho conhecido Roberto. Mas depois de criar inúmeras oportunidades, acabou conseguindo o gol de empate, convertido pelo atacante Jones em cobrança de pênalti. Com o resultado o Macaé continua dividindo a liderança do Grupo I com a própria Cabofriense, cada um com cinco pontos.
Abrindo o returno desta fase, na próxima quarta-feira, o Macaé recebe o Quissamã, às 15h, no Moacyrzão, enquanto o Cabofriense vai ao Recreio dos Bandeirantes enfrentar o Boavista. Na classificação, Macaé e Cabofriense, somam quatro pontos ganhos; Quissamã, três e Boavista, dois pontos. Ao final destes dois turnos, os dois melhores classificados avançarão à quarta fase. O Campeão da Copa Rio, garante uma vaga na Copa do Brasil e o vice, vaga na Série C do Brasileiro, ambos a serem disputados em 2009
O Macaé empatou com: Éverton; Schneider, Andre, Otávio e Andrezinho; Indio (Léo Gonçalves), Steve (Jones), Zada (Anderson) e Bil; Bruno Mezenga e Andre Gomes. Tecnico: Tita A Cabofriense formou com: Flavio; Nenen, Marcio, Mirita e Gerson; Marcos Marins (Aldo), Julinho, Teti (Fábio) e Luan; Roberto (Tenório) e Edivaldo. Técnico: Ailton Ferraz. O árbitro foi Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Marcelo da Silva Cardoso e Robert da Costa Lanes
No outro jogo deste Grupo, o Quissamã passou a lanterna para o Boavista, vencendo o duelo por 3x2 no Carneirão. Na primeira etapa, o time treinado pelo Paulo Henrique chegou a estar vencendo por 2x0, gols de Fabricio e Ricardo. Na segunda etapa teve duas chances de ampliar o placar, mas acabou levando um susto ao permitir o empate do Verdão de Bacaxá. Porém o garoto de Cantagalo, o volante cleiton, saiu como herói ao marcar o gol da vitória que recolocou o Quissamã na briga por uma vaga na proxima fase da Copa Rio.
Nos outros jogos de sábado: No estádio do Trabalhador Resende 1x2 Madureira; no Cidadania, Volta Redonda 2x3 Aperibeense; no louzadão, Mesquita 1x1 América; no Eduardo Guinle, Friburguense 2x1 Nova Iguaçu; no Godofredo Cruz, Americano 3x2 Cardoso Moreira e no Marrentão, Duque de Caxias 1x3 Olaria.
Ganjão estréia com vitória
O técnico Carlinhos Ganjão, vice-campeão da Taça Rio de Juniores, assumiu o comando da equipe Juvenil do Macaé Esporte após a derrota por 3x2 contra o Cabofriense. A estréia foi neste sábado (03), derrotando o Goytacaz por 1x0 em Barcelos, gol marcado pelo atacante Billy. No Infantil, o técnico Julio Cesar Oliveira não teve a mesma sorte e o Macaé foi derrotado por 2x0 no duelo de fundo.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

A garotada jogou futebol, os marmanjos decepcionaram

A bola rolou neste feriado de quarta-feira (1º de maio) no Expedicionário, em jogos válidos pelo Campeonato Macaense Amador. Pela manhã, na categoria Mirim, o Nova Geração empatou em 3x3 com o Atlântico do Futuro, num jogo emocionante. Micael abriu o placar para o Nova Geração, que chegou a estar vencendo por 3x1, mas o time treinado pelo Ricardo Nenén reagiu com dois gols de Luan e Denner "Clecinho". Na preliminar pelo Pré-Mirim, o Nova Geração derrotou o Atlântico do Futuro por 2x0, gols de Lucas Givigi e Renan.
À tarde, foi a vez dos marmanjos pelo Amador Adulto. Na preliminar, o Praia Campista com dois jogadres a menos, (foram expulsos pelo árbitro Fábio Rogério: o lateral esquerdo Lucas e o goleiro Juninho) conseguiu golear o Córrego do Ouro pelo placar de 4x1, com dois gols de Tataco, Sandro e Wander; descontando Luizinho, cobrando falta com muita categoria e recebendo o aplauso do papai Juarez junto ao alambrado.
No duelo que fechou a jornada desta quarta-feira, o árbitro Gelson Ferraz teve muito trabalho e precisou expulsar dois atletas, Julio Cesar pelo Atlântico do Futuro e Igor pelo time da Associação Macaense Futebol Escola (AMFE). O Atlântico do Futuro venceu na bola por 1x0, gol do atacante Maiquel. O técnico do Independente estava nas arquibancadas do Expedicionário, observando os jogadores para uma série de treinamentos visando o Estadual da Segundona de Profissionais.

Quissamã perdeu e assume a lanterna

O melhor time nas duas primeiras fases da copa Rio, sofreu duas derrotas e já é o lanterna do Grupo I, ficando difícil a sua tarefa de seguir na competição. Na noite desta quarta-feira (30), o Quissamã foi derrotado pelo Cabofriense por 2x0, no Correão. Resta agora vencer o Boavista na terceira rodada, para não ser eliminado precocemente.
Só assim teria condições de reagir e garantir uma das vagas na próxima fase. Macaé e Cabofriense dividem a liderança com quatro pontos cada, Boavista é o terceiro com dois pontos e o Quissamã é o último colocado, sem ainda ter somado nenhum ponto.
A Cabofriense virá à Macaé neste sábado e anunciou na quarta-feira a contratação do zagueiro Odvan, ex-Vasco da Gama, que disputou o último Campeonato Carioca pelo Madureira. O zagueiro-zagueiro assinou contrato até o final da Série C do Brasileiro, com possibilidade de prorrogação para o Estadual de 2009. Odvan chegou a Cabo Frio e já realizou os exames médicos, tendo inclusive treinado com os novos companheiros.
O gerente de futebol do Tricolor Praiano, José Reis, afirmou que a contratação supriu perfeitamente a necessidade do técnico Aílton Ferraz, que está improvisando os volantes Mirita e Márcio como zagueiros, nas primeiras rodadas da Copa Rio.
Odvan conquistou títulos importantes em sua vitoriosa carreira: campeão da Taça Libertadores das Américas e bi Brasileiro pelo Vasco da Gama, além dos títulos da Copa América e da Copa das Confederações, ambos em 1999, pela Seleção Brasileira, entre outros.
Além do zagueiro campista, revelado pelo Americano, o clube acertou mais duas contratações. O meia Márcio Guerreiro, ex-Flamengo e o zagueiro Erick, que estavam no Villa Nova, de Minas Gerais.. Com isso, o Cabofriense começa a reorganizar seu elenco para a disputa de Série C do Campeonato Brasileiro, em julho.

Boavista continua invicto contra o Macaé

Jogando pela segunda rodada da terceira fase pela Copa Rio, na tarde desta quarta-feira (30), o Macaé Esporte foi ao campo do CFZ do Rio, no Recreio dos Bandeirantes e empatou em 1x1 diante do Boavista. Com o resultado foi mantido o tabu de o Macaé nunca ter vencido o clube de Bacaxá, porém o precioso pontinho manteve a equipe macaense na liderança isolada do Grupo I com quatro pontos ganhos. Na briga para fugir da laterna, Cabofriense e Quissamã vão jogar a partir das 18h no Correão, em Cabo Frio.
O gol macaense foi marcado pelo experiente Zada e Hélder manteve a escrita ao marcar o gol de empate. Os próximos três jogos do Macaé Esporte serão no Moacyrzão. Se manter a invencibilidade nesta temporada em casa e vencer os três duelos, o time treinado pelo técnico Tita avançará à quarta fase da competição rumo a conquista da vaga pra a Copa do Brasil em 2009. E os primeiros três pontos serão disputados neste sábado (03), às 15h contra a Cabofriense.
A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro anunciou o trio de arbitragem para este confronto, com Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Marcelo da Silva Cardoso e Robert da Costa Lannes. O 4º árbitro ser Jose Ricardo da Silva e o observador será Guilherme Fernandes de Oliveira Filho.
Nos outros jogos realizados nesta quarta-feira, pelo Grupo F, o Madureira foi derrotado em casa por 3x0 pelo Volta Redonda, gols de Glauber, Robinho e Felipe e; em Aperibé, Aperibeense e Resende ficararam no 0x0. Pelo G, o America derrotado pelo Friburguense por 3x0, gols do veterano Ziquinha, Diego e Glaucio, em pleno estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos e; no classico da Baixada Fluminense, Nova Iguaçu e Mesquita empataram sem gols. Pelo H, o Cardoso Moreira perdeu por 2x0 para o Duque de Caxias no Ferreirão, com os gols de Dudu e Fabiano e; o Olaria empatou com o Americano, sem balançar a rede na Bariri. A bola segue rolando no Carneirão, Cabofriense e Quissamã jogam no complemento da rodada. Lá começo mais tarde, às 18h.
No empate desta tarde no Recreio, o Boavista formou com Erivélton; Crispim (Diogo), Filipe, Hélder e Esquerdinha; Adriano Gomes (Mateus), Roberto Lopes, Bruno Moreno e Flavinho; Romarinho (Jeferson) e Danilo. Técnico: Mário Marques. O time do técnico Tita, que completou 60 jogos no comando do Macaé, jogou com Éverton; Dos Santos (Schneider), André, Otávio e Andrezinho; Índio, André Gomes, Steve e Bill (Léo Gonçalves); Zada e Bruno Mezenga. O árbitro foi Ubiraci Damásio de Oliveira, auxiliado por Eduardo de Souza Couto e Alexandre Eller.

São Paulo venceu os Jogos Abertos Brasileiros

Com a participação de nove estados, terminou neste domingo (270 em Jaraguá do Sul (SC), a 17ª edição dos Jogos Abertos Brasileiros. Nos esportes coletivos, a melhor colocação do Rio de Janeiro na edição deste ano dos JAB’s foi com o vôlei masculino, onde a equipe de Itaguaí ficou com a medalha de bronze. Além do futsal masculino de Cabo Frio, outras três representações fluminenses perderam a chance de ficar com uma medalha: Teresópolis, no futsal feminino e no basquete feminino; e São Gonçalo, no handebol masculino.
A equipe de futsal de Cabo Frio terminou na quarta colocação. Depois de se classificar em primeiro lugar no Grupo A, o time cabofriense foi derrotado, nas semifinais, pelo Jaraguá do Sul, por 6x2, no último sábado. Os catarinenses jogaram com uma mescla de atletas profissionais e sub-20, assim como os fluminenses.
Na decisão do bronze, no domingo pela manhã, Cabo Frio enfrentou São José dos Campos pela segunda vez na competição. No primeiro confronto, houve empate em 1x1. Mas nesta partida decisiva que definiria a terceira colocação, a equipe do interior paulista levou a melhor, vencendo por 4x2. A medalha de ouro ficou com a equipe paranaense de Marechal Cândido Rondon, que venceu Jaraguá do Sul nos pênaltis por 3x2, após empate em 3x3 no tempo normal e 0x0 na prorrogação.
Com o quarto lugar, o time de Cabo Frio, comandado por Rodrigo Barreto, repete o feito dos Jogos Abertos Brasileiros de 1996, disputados em Campo Mourão, no Paraná, quando também ficou na quarta colocação. Em seis participações nos Jogos Abertos Brasileiros, foi a quarta vez que Cabo Frio chegou entre os semifinalistas. Além dos dois quartos lugares, a cidade tem um bronze, conquistado em1994, na cidade de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul e, uma prata em 2000, ao ser vice em Atibaia, São Paulo.
Na classificação geral, São Paulo foi campeão dos Jogos Abertos Brasileiros, com 106 pontos. Santa Catarina ficou com o segundo lugar, com 101 pontos. O Paraná foi o terceiro, com 71 pontos, dois a mais que o Rio de Janeiro, que ficou na quarta colocação. A edição de 2009 dos Jogos Abertos Brasileiros vai ser disputada em Vitória, no Espírito Santo, e vai contar, pela primeira vez, com a participação do estado de Goiás. Assim, serão dez estados representados, com a expectativa de reunir 2500 atletas.
A equipe de futsal de Cabo Frio terminou a 17ª edição dos Jogos Abertos Brasileiros, na quarta colocação. Depois de se classificar em primeiro lugar no Grupo A, o time foi derrotado, nas semifinais, pela de Jaraguá do Sul, por 6x2, no último sábado. Os donos da casa jogaram com uma mescla de atletas profissionais e sub-20.
Na decisão do bronze, no domingo pela manhã, Cabo Frio enfrentou São José dos Campos pela segunda vez na competição. No primeiro confronto, houve empate em 1x1. Mas na partida que definiria a terceira colocação, a equipe do interior paulista levou a melhor, vencendo por 4x2. A medalha de ouro ficou com a equipe paranaense de Marechal Cândido Rondon, que venceu Jaraguá do Sul nos pênaltis por 3x2, após empate em 3x3 no tempo normal e 0x0 na prorrogação.
Com o quarto lugar, o time de Cabo Frio, comandado por Rodrigo Barreto, repete o feito dos Jogos Abertos Brasileiros de 1996, disputados em Campo Mourão, no Paraná, quando também ficou na quarta colocação. Em seis participações nos Jogos Abertos Brasileiros, foi a quarta vez que Cabo Frio chegou entre os semifinalistas. Além dos dois quartos lugares, a cidade tem um bronze (1994, em Venâncio Aires no Rio Grande do Sul) e uma prata (2000, em Atibaia em São Paulo).
Na classificação geral, São Paulo foi campeão dos Jogos Abertos Brasileiros, com 106 pontos. Santa Catarina ficou com o segundo lugar, com 101 pontos. O Paraná foi o terceiro, com 71 pontos, dois a mais que o Rio de Janeiro, que ficou na quarta colocação. A edição de 2009 dos Jogos Abertos Brasileiros vai ser disputada em Vitória, no Espírito Santo, e vai contar, pela primeira vez, com a participação do estado de Goiás. Assim, serão dez estados representados, com a expectativa de pelo menos 2500 atletas.